Beleza
Que tal revitalizar a pele após o verão?

Quais são as primeiras coisas que alguém que é fã do verão pensa quando ele chega? Sol e calor! Algumas até se empolgam um pouco mais e se esquecem da famosa frase “sombra e água fresca”, assinando de vez a sentença de ressecamento de suas peles.

Nesta época do ano os cuidados com o corpo precisam ser redobrados – principalmente com a pele. Se nas férias você abusou do sol e agora esta correndo atrás do prejuízo, é bom ficar atenta às dicas:

- Hidrate-se: por dentro e por fora! Beba muito líquido! Abuse dos hidratantes corporais à base de ureia, silicone, pantanol e até das pomadas contra assadura próprias para bebês.

- Evite banhos muito quentes: o calor da água prejudica a recuperação, pois remove a hidratação natural da pele.

Porém, é sempre bom dar uma ajudinha extra aos cuidados naturais com nosso corpo e nossa pele. Um excelente aliado na recuperação da pele pós-verão é o peeling de diamante. Ele uniformiza a textura da pele do rosto, combatendo as tão temidas manchas, e fecha os poros. Além disso, estimula a renovação celular e a produção de colágeno e elastina por meio de uma esfoliação mecânica. Aliado a um tratamento com laser, como o fracionado, o resultado será uma pele revigorada e uniforme, sem manchas ou sardas.

Todo mundo sabe, mas é sempre bom lembrar da importância de utilizar filtro solar diariamente, o ano todo e não só no verão! Um bom protetor solar previne a formação das manchas de sol, e também o envelhecimento.  Um bom hidratante fácil ou até mesmo uma super-hidratação direcionada à pele do rosto, também ajuda na recuperação dos excessos do verão.

No entanto, não é só por fora que devemos ter cuidado. Sabemos que a alimentação é grande aliada para a saúde de sua pele – graças às vitaminas e antioxidantes - que auxiliam na renovação celular. Muita água, frutas e verduras, ou seja, alimentos ricos em vitaminas C e E, licopeno, ômega 3, selênio, zinco, entre outros, são escolhas inteligentes para este processo.

Se olharmos para o nosso corpo de forma integral, sempre encontraremos o equilíbrio perfeito. E os cuidados com o verão podem começar agora mesmo, antes do calorão acabar.

Fonte:

Dra. Silvia Takakuwa

CREMESP 87.464

Pós-graduada em Dermatologia,Residência em Clinica Médica,Membro da Sociedade de Laser em Medicina e Cirurgia

Membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética,Membro da International Academy of Cosmetic Dermatology

 
Reaction e Botox®: os queridinhos delas!

Prepare-se para o verão

Com a chegada do verão, muitas pessoas procuram maneiras rápidas e eficazes para se ter uma pele bonita e bem cuidada. Porém, nem todo procedimento pode ser realizado nesta época do ano, devido à maior exposição ao sol.

Um tratamento estético que pode ser feito sem problemas e que tem demonstrado ótimo resultado é o Reaction - radiofrequência, baseada em multicanais de frequência associados ou não à terapia a vácuo. Tem o objetivo de combater a flacidez corporal, e leva à melhora considerável da flacidez da face, pescoço e contorno da mandíbula. Esse procedimento também é indicado na redução de rugas, gordura localizada e celulite, além de amenizar cicatrizes de acne e estrias.

Usada pela primeira vez no século XIX, a radiofrequência é muito recomendada graças à sua eficácia, segurança e versatilidade. O tratamento é feito por meio da geração de calor no tecido embaixo da pele, que contrai o colágeno existente e aumenta a produção de novas fibras de colágeno, dando mais sustentação e firmeza ao local. O resultado é progressivo e pode ser observado logo na primeira sessão.

Assim como a radiofrequência, o Botox® também é um tratamento que pode ser feito durante o verão. Um dos procedimentos estéticos mais realizados em todo o mundo e minimamente invasivo, a aplicação da toxina botulínica é uma técnica segura para fins estéticos, usada no tratamento de linhas de expressão, rugas e hiperidrose - suor excessivo. Além disso, o Botox® também se mostrou um método eficaz para problemas como enxaquecas e espasmos musculares.

A aplicação da toxina é feita através de pequenas injeções nos locais a serem tratados. O efeito começa a aparecer entre o segundo e o sétimo dia e dura de 4 a 6 meses.

Ao aplicar o produto no rosto ou em outras áreas, a toxina botulínica se liga a receptores neuromusculares, impedindo a transmissão dos impulsos que partem do neurônio em direção ao músculo. Assim, a sua contração não acontece, relaxando a musculatura. Esse processo implica em um relaxamento das linhas de expressão, o que impede o aparecimento das rugas dinâmicas.

Verifique qual o melhor tratamento para sua pele e consulte sempre um profissional devidamente qualificado.

Fonte:

Dra. Silvia Takakuwa

CREMESP 87.464

Pós-graduada em Dermatologia

Membro da Sociedade de Laser em Medicina e Cirurgia, da Sociedade Brasileira de Medicina Estética e da International Academy of Cosmetic Dermatology.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 5 de 13

Indique !