O Romance Cósmico


Ela é o cupido cósmico da atração.

Até as estrelas em sua maioria têm suas companheiras, que podem ser binárias (duplas),  triplas, variáveis, etc.  Vistas da Terra aparecem ser únicas pelos seus gigantismos e brilhos, que podem ocultar outras estrelas por detrás.  Contudo, o nosso Sol

é do menor grupo de estrelas ,as solitárias.  E como sempre coloco, certos parâmetros da Astronomia são modificados constantemente pela atual e avançada pesquisa em sondas espaciais e telescópios ( e rádio telescópios ) mais potentes.

Hoje sabemos que, por exemplo, estrelas gigantes (e super-gigantes) como Antares ,700 vezes maior que o Sol, bem como Betelgeuse, 920 vezes maior que o nossa estrela - tem companhia de outras.

O Universo em sua totalidade está se expandindo, mas isto não cancela o eterno namoro dos corpos.

Dependendo da quantidade de matéria de todo o Universo, ele pode se afastar ainda mais ou se contrair  e buscar seus antigos parceiros, em um longo abraço de milhões, bilhões de galáxias...

Nós somos participantes de um deslumbrante romance cósmico.


Vicente Pellegrino

vicente.pellegrino@bol.com.br


 

Indique !