Você sabe o que é a Doença do Carrapato?


Também conhecida como hemoparasitose, a doença do carrapato tem alta incidência nos cães e trata-se de uma infecção causada por bactérias ou protozoários transmitidos através da picada de carrapatos infectados. As principais hemoparasitoses são a Erliquiose causada pela bactéria Ehrlichia canis e a Babesiose, causada pelo protozoário Babesia canis, ambas transmitidas por um ectoparasita, o carrapato vermelho, que é facilmente encontrado em canis, muros, telhados e troncos de árvores. A incidência de infestações por carrapatos aumenta no verão, uma vez que o maior calor e umidade favorecem a reprodução deste parasita.

É preciso esclarecer que para o carrapato transmitir estas doenças, ele deve estar previamente infectado, ou seja, ao picar um cão contaminado, se infecta e, a partir daí, torna-se um reservatório da doença, transmitindo-a para outros animais sadios no momento da picada. Tanto a erliquiose quanto a babesiose merecem atenção, pois têm potencial zoonótico e, portanto, podem ser transmitidas para os seres humanos.

As hemoparasitoses manifestam-se, na maioria das vezes, de forma branda ou assintomática, mas podem causar sintomas graves, principalmente nos indivíduos imunossuprimidos. Nos cães, geralmente ocorre febre, apatia, anemia, queda do número de plaquetas no sangue, icterícia (pele e mucosas amareladas), fezes e urina com coloração escura ou alaranjada, emagrecimento e sangramentos espontâneos.

O diagnóstico é baseado nos sinais clínicos acima citados e por meio de exames complementares como o hemograma e principalmente por meio de testes sanguíneos específicos para a detecção direta do hemoparasita.

Basicamente, o tratamento fundamenta-se no uso de antibióticos para a eliminação dos hemoparasitas.

Assim sendo, nota-se como é importante conscientizar-se da necessidade de controlar infestações por carrapatos, até mesmo por uma questão de saúde pública.

Consulte seu médico veterinário regularmente, somente ele pode indicar os melhores métodos para o controle deste ectoparasita tão perigoso.

Fonte:

Dra Jéssica Fernandes Reche Feitosa

Spécialité Diagnóstico Veterinário

Tel: 4702-3854 / 4702-4526 / 98311-6075

specialite.com.br


 

Indique !