PAI GAROTÃO!

O mundo machista, no qual os homens eram “casca-grossa” e as mulheres eram frágeis, acabou há muito tempo. Nos últimos anos, os homens vem buscando conservar o viço da juventude e corrigir os sinais do tempo, mudando a antiga imagem paterna: calvo, enrugado e barrigudo. Jamais, a indústria de cosméticos dedicou-se tanto ao desenvolvimento e divulgação de produtos masculinos, não apenas para camuflar os fios grisalhos mas para todo o corpo.

Da mesma maneira, os homens deixaram de ser apenas os acompanhantes nos consultórios de Cirurgia Plástica e passaram a pacientes, apesar de mais receosos.  Inicialmente, o interesse masculino restringia-se ao implante capilar, mas se estendeu para os mais diversos tratamentos. As aplicações na face para suavização das rugas é feita com toxina botulínica e ácido hialurônico. Diferente das mulheres, os músculos da mímica são maiores e mais fortes no homem, exigindo a aplicação de uma maior quantidade de toxina, e a pele é mais grossa, indicando-se ácido hialurônico mais espesso.

Todo procedimento corporal deve respeitar as diferenças entre os sexos, que não se resumem apenas às mamas e glúteos. Um exemplo são as lipoaspirações, que buscam aproximar as curvas femininas ao violão e o contorno masculino ao triangulo invertido. Não existe contraste entre os riscos e a recuperação pós-operatória entre os gêneros.

A Cirurgia Plástica propõe refrescar o envelhecimento para mães e pais, de qualquer idade e a todo o tempo. Procure um cirurgião plástico reconhecido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, acesse: www.cirurgiaplastica.org.br

 Fonte:

Dr Mauro Henrique Milman – CRM 101.917

Cirurgião Plástico

Dúvidas e sugestões: www.drmaurohenrique.com.br

 

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

cirurgiaplastica.org.br

 

 

 

Indique !