De promessa mirim a prodígio de sucesso: conheça a granjeira Manu Dieguez

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Manu Dieguez aos 12 anos de idade conta com um currículo de dar inveja em muitas jovens: ela esteve em Carinha de Anjo, no SBT, participou reality Projeto Barbie, no canal do YouTube da mesma emissora, e roubou todos os holofotes da série original Netflix Cidade Invisível, um dos maiores sucessos nacionais da plataforma.

Em Cidade Invisível, Manu interpreta Luna, filha de Eric, personagem de Marcos Pigossi. À época, a atriz tinha somente 10 anos, o que torna sua performance ainda mais surpreendente – em especial ao assistir o desfecho final da primeira temporada, que choca qualquer espectador.

Sobre a experiência de trabalhar com Manu, Pigossi afirma: “Trabalhar com a Manu foi lindo! Ela tem uma intuição única! Para mim, não só contracenar com ela, mas também me aproximar e cuidar dela no set foi o que mais contribuiu para que nossa relação ficasse visível em cena. Não vejo a hora de reencontrá-la”.

Depois desse elogio, impossível não ficar curioso para conhecer um pouco mais dessa estrela, né? Confira abaixo a conversa completa que a TUDO teve com Manu Dieguez.

Como tudo começou

Ainda com 6 anos, Manu se interessou pelo mundo da publicidade. Modelando para algumas campanhas, ela viu crescer uma paixão cada vez maior pelo meio artístico, o que a fez se dedicar cada vez mais. A atriz Larissa Manoela foi uma de suas inspirações durante esse período.

“Eu falei, “mãe, eu quero ser igual ela! Quero fazer novela!”, conta Manu sobre o impacto de Larissa em sua carreira. Sendo assim, ela começou a estudar, fazer cursos e absorver o máximo possível sobre esse novo universo.

O estopim inicial veio com a produção Carinha de Anjo, que lhe garantiu um contrato de dois anos no SBT, onde Manu contracenou com personalidades como Beatriz Arantes e Carlo Porto. Ali, ela se familiarizou com o set de filmagem e aprendeu grandes lições sobre o showbusiness.

A chegada à Cidade

Manu fala com muito carinho e agradecimento sobre a experiência de interpretar Luna em Cidade Invisível, que escancarou seu talento e dedicação ao audiovisual. A série retrata o folclore brasileiro como pano de fundo para a investigação criminal da morte de Gabriela (Júlia Konrad), que é mãe da Luna.

Manu nos bastidores de Cidade – foto: reprodução

O elenco de Cidade também traz Alessandra Negrini, José Dumont, Fábio Lago e muitos outros nomes, com quem Manu amou trabalhar. “Foi incrível! Além deles atuarem super bem, eles são pessoas muito legais. Eu fiquei amiga de todo mundo, foi muito legal”, celebra ela.

Sobre o processo de testes, ela lembra vividamente do teste que fez com Marcos, seu pai fictício. “Foi muito legal! Ali, eu já virei super amiga do Marcos, e foi nesse teste que fui escolhida”, comenta Manu.

A mãe de Manu, Luciana Dieguez, que nos acompanha durante a entrevista, comenta: “o Marcos foi um paizão para ela!”

Manu e Marcos Pigossi – foto: reprodução

Durante a preparação para série, Manu viveu pela primeira vez o processo de prosódia, quando estudou a entonação do sotaque carioca de Luna, já que a atriz mesmo é da Granja Viana, em São Paulo. Além disso, a produção de Cidade fez questão de cuidar da saúde psicológica de Manu, já que algumas cenas de sua personagem eram bastante intensas.

“Quando se está na parte do figurino é tudo brincadeira. Mas quando entra no set é preparação para a cena!”, explica a atriz sobre o foco necessário durante as gravações.

SPOILER ALERT: momentos cruciais de Cidade Invisível discutidos a seguir.

Manu destaca duas cenas que mais lhe marcaram em Cidade. Uma das melhores foi seu confronto final com o Saci-Pererê. “Foi muito legal gravar a cena em que eu matei o Saci. Tinha um ventilador gigante, muito vento, voavam coisas para todo lado!”, relata ela.

Já uma das mais difíceis de interpretar foi a chegada do Corpo-Seco em sua personagem, revelando que a doce e amável Luna era, na verdade, uma das vilãs da série. “A Luna tem que gritar e está suando muito… a Luna teve que entrar no Corpo-Seco!”.

Manu afirma ter ficado muito feliz com o destaque de sua personagem, mas não revelou detalhes sobre o futuro dela. Resta aguardar a a chegada da segunda temporada de Cidade Invisível na Netflix.

Granjeira de coração

Nascida e criada na Granja Viana, Manu e sua família fazem questão de consumir o máximo possível do comércio local – que nunca deixa a desejar.

“Eu gosto que tem muita natureza! É gostoso morar aqui”, conta Manu.

Entre seus ‘rolês’ favoritos, ela cita o Shopping Granja Vianna, a academia Bodytech e os lugares pitorescos que compõem a região, principalmente ali na Avenida São Camilo – como os cafés especiais e as lojas de donuts.

Além disso, o que ela e a família mais fazem é conhecer novos restaurantes Granja – pelo menos uma vez por semana o jantar é em um lugar diferente!

“A gente tenta fazer tudo aqui na Granja, até porque é tudo pertinho”, afirma ela, em conjunto com a mãe.

Fonte de inspiração

“Eu acho que se você se realmente gosta de atuar, vá atrás! Quando você consegue, vale muito à pena. Tem que estudar bastante, mas quando você consegue vale muito à pena!”, aconselha Manu a outras meninas que queriam seguir o mesmo caminho que ela.

Ela, que quer continuar no meio artístico e pretende atuar internacionalmente, também sonha em trabalhar com personalidades como Millie Bobby Brown (Stranger Things) e Úrsula Corberó (La Casa de Papel).

Manu reconhece que a caminhada é longa e árdua, mas isso não a desanima em nada. Disciplinada e focada, ela faz questão de perseguir seus sonhos. E a Revista TUDO continuará aqui admirando seu brilho, Manu! Com talento e dedicação, temos certeza de que chegará longe.

Ficha técnica:
Ensaio: Jouer Moda Infantil / Salão Pin Up Granja Viana
Cabelo e make: Silvio Benfica
Créditos: Paloma Fantini

Mais notícias

Você viu tudo

Não há posts