Cinco dicas de filmes sobre finanças para você aproveitar nessas férias

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fonte: Plano Fintech

As férias chegaram, e se você gosta de aproveitar o tempo livre para aprender alguma coisa. Trouxemos cinco dicas de filmes sobre finanças para você entender de forma didática o universo financeiro. Confira!

A Grande Aposta (The Big Short)

Vencedor do Oscar de 2016, o filme A Grande Aposta é baseado no livro de Michael Lewis. Ele traz de maneira simples e prática a crise de 2008 do mercado imobiliário americano, que trouxe grandes consequências para a economia mundial. Ideal para quem não tem muito conhecimento sobre economia e finanças.

O filme conta a história de um grupo de oportunistas que fazem uma fortuna ao preverem a crise econômica dos EUA e apostar contra os bancos.

Trabalho Interno (Inside Job)

Ainda falando sobre a crise financeira de 2007-2008, esse documentário, vencedor do Oscar de 2011, retrata quais foram os fatores que provocaram essa crise e qual foi o seu impacto na sociedade.

Dividido em 5 partes, ele mostra o lado sujo de Wall Street, iniciando sobre o cenário econômico mundial no começo do século 21. E passando pelas mudanças políticas e práticas bancárias até chegar nas consequências do estouro da bolha imobiliária e os responsáveis por esta situação.

Definitivamente, é quase que uma aula de economia para entender mais sobre o sistema capitalista e a crise financeira de 2008.

O Mago das Mentiras (The Wizard of Lies)

Este filme é baseado no livro de Diana B. Henriques, e é inspirado na história de Bernard Madoff, um dos maiores investidores de Wall Street e que foi condenado a 150 anos de prisão por uma das maiores fraudes financeiras dos Estados Unidos, o Esquema Ponzi.

É ótimo para quem deseja entender mais sobre como funcionam os esquemas de pirâmide financeira.

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom

Também inspirada em um livro, este filme retrata de forma descontraída e humorada sobre os prejuízos da falta de planejamento financeiro pessoal e do excesso de consumismo.

O mais irônico e engraçado do filme é que de dia, a personagem principal, a jornalista Rebecca Bloomwood. A qual ensina às pessoas como administrar seu dinheiro em uma revista de finanças. Mas, fora do seu trabalho, se torna uma consumidora compulsiva, a ponto de ir à falência.

Até que a sorte nos separe

Inspirado no livro “Casais inteligentes enriquecem juntos”, do consultor financeiro Gustavo Cerbasi, o filme brasileiro também retrata o excesso de consumismo e o descontrole financeiro.

O longa traz a história de uma família que ganhou uma fortuna na Mega-Sena, mas que ficou falida anos depois de uma vida de luxo e ostentação.

Mais notícias

Você viu tudo

Não há posts