Veja os 7 tipos de descanso e como descobrir qual é o ideal para você

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Durante muito tempo, nossa resposta automática para a pergunta “como você está?” tem sido “bem”, ou alguma variação do tipo. Mas com o passar dos últimos anos, em especial durante a pandemia, outra resposta tem se tornado cada vez mais comum: admitir a quem te perguntou que você está “cansado” ou até mesmo “exausto”.

Existem muitos aspectos para se debater sobre isso, mas é seguro afirmar que, por inúmeras razões, muitos de nós se sentem exaustos durante a maior parte do tempo. Você é capaz de se lembrar qual foi a última vez que se sentiu realmente descansado? Pois é, nem eu.

De acordo com a Dra. Saundra Dalton Smith, física, pesquisadora e autora do livro Sacred Rest: Recover Your Life, Renew Your Energy, Restore Your Sanity (Descanso Sagrado: Recupere sua Vida, Renove sua Energia e Restaure sua Sanidade, em tradução livre), isso pode ser porque nós não estamos tendo o tipo de descanso específico que precisamos. Leia a seguir tudo o que você precisa saber sobre os sete tipos de descanso e porquê encontrar o tipo certo pode mudar sua vida.

Descansar é mais do que dormir

A probabilidade de alguém já ter dito que você precisa dormir mais ou higienizar o seu sono para que não se sinta cansado o tempo todo é alta. Claro, isso pode ajudar, mas como a Dra. Dalton Smith explicou em uma entrevista para a Stylist, descansar é mais do que dormir.

Nós gostamos da ideia de ser algo simples, como se dormir restaurasse todas as nossas energias, mas, infelizmente, existem tipos diferentes de descanso que o sono não resolve, afirma a doutora.

O que são os 7 tipos de descanso?

Em sua própria pesquisa, Dalton Smith identificou sete tipos de descanso diferentes que o corpo e a mente humana exigem. Por isso, por mais que você tenha tido uma boa noite de sono, é possível que ainda acorde se sentindo exausto, pois lhe faltam outros tipos de descanso. São eles:

  1. Descanso mental: dê uma pausa para sua cabeça;
  2. Descanso sensorial: tire um tempo para se desligar e reduzir estímulos externos;
  3. Descanso criativo: faça algo que te inspira para dar uma pausa nas obrigações;
  4. Descanso emocional: processe suas emoções ao invés de ignorá-las; seja você mesmo;
  5. Descanso social: passe um tempo sozinho quando sentir que outras pessoas estão sugando sua energia;
  6. Descanso espiritual: se conecte com alguém além do físico e do mental (independentemente de religião);
  7. Descanso físico: durma e permita que seu corpo desacelere, ou tire uma pausa durante o dia para relaxar.

Como conseguir o tipo de descanso que seu corpo precisa

De acordo com Smith, o primeiro passo para conseguir o tipo de descanso que seu corpo precisa é identificar quais tipos estão faltando em sua vida, e partir daí. O processo começa com a autorreflexão, afirma ela, porque essas sete áreas já compõe a sua rotina, e você precisa identificar em qual ou quais dessas está gastando mais energia.

“Como é o seu dia-a-dia?”, Dalton pergunta. “Você passa o seu dia pensando e criando novas ideias? Ou você passa seu dia cara-a-cara com outras pessoas, discutindo sentimentos e emoções, como um conselheiro ou terapeuta?”

Quando você determina aonde está gastando mais energia, a doutora afirma que ali “terá um grande impacto na área [de descanso] que você tem um déficit maior, em especial se você não sabe como se recuperar dessa posição ou serviço”.

Fonte: LifeHacker

Mais notícias

Você viu tudo

Não há posts