Estimativa indica que 60% da população de rua de SP está vacinada contra COVID

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cidade de São Paulo já conta com 60% da população de rua da capital imunizada contra a COVID-19, estima Prefeitura. Até a última sexta (23), haviam sido aplicadas 28.431 doses de vacina contra o vírus nos moradores de rua acima de 18 anos.

Desses, 14.952 já estão com esquema vacinal completo – ou seja, receberam as duas doses ou dose única da vacina. O parâmetro da estimativa da Prefeitura é de um censo realizado em 2019 pela Qualitest Ciência e Tecnologia LTDA, que contabilizou 24.344 pessoas em situação de rua na capital. No entanto, por ser uma população itinerante, é difícil estimar uma porcentagem exata.

“No início, esperava-se que a população de rua fosse dizimada, por não ter acesso a água potável, máscaras resistentes ou álcool em gel. Mas não foi isso que aconteceu”, declara o padre Júlio Lancelotti, da Pastoral do Povo da Rua da Arquidiocese de SP.

“A população de rua de São Paulo está com um índice de vacinação bem maior do que a população geral, justamente por causa da busca ativa feita pelas equipes de saúde”, afirma. Ele conta que, pelo seu acompanhamento dos Consultórios na Rua, a estimativa é que grande parte da população de rua em trânsito na capital paulista já foi vacinada.

Ele ainda reforça que, nas últimas semanas, o processo de imunização completa foi ainda mais acelerado, pois a Prefeitura destinou cerca de 14 mil doses do imunizante da Janssen aos moradores de rua.

Mais notícias

Você viu tudo

Não há posts