Prefeitura de Cotia recebe mães e familiares de autistas para 1ª Roda de Conversa

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na tarde de terça-feira (31), a Prefeitura de Cotia, por meio do Fundo Social e da Secretaria de Saúde, realizou a 1ª Roda de Conversa sobre Autismo para diversos familiares de pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

O evento contou com a participação da vice-prefeita e Secretária de Direitos Humanos, Cidadania e da Mulher e aconteceu no Fundo Social de Caucaia do Alto. O tema, “Construindo um laço de amor“, teve como objetivo conversar e ouvir estas famílias para avançar ainda mais no atendimento e inclusão.

Cotia foi a primeira cidade da Grande São Paulo a implantar a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro do Autismo (CIPTEA), que garante atendimento preferencial em serviços públicos e privados, sem a necessidade de mostrar laudos ou documentos médicos que comprovem essa condição.

“Foi um grande avanço [a CIPTEA]. O prefeito Rogério Franco sempre foi sensível e comprometido com a inclusão, com o atendimento especializado e sempre deu voz à população”, disse Mara Franco, Secretária de Desenvolvimento Social e presidente do Fundo Social.

Foto: Alexandre Rezende

A vice-prefeita e Secretária de Direitos Humanos, Cidadania e da Mulher, Ângela Maluf, fez a abertura do evento e falou dos esforços do poder público em avançar cada vez mais na inclusão. “Quando abrimos uma porta para receber a todos, realizar uma roda de conversa, significa que estamos tendo a iniciativa de ouvir, entender e tudo isso é um processo de construção para alcançar o objetivo de melhorar e aprimorar o atendimento”, destacou Ângela.

Presente, a moradora do Jardim Lavapés das Graças, Michele Aparecida Machado Brandeti, tem dois filhos autistas e achou o evento maravilhoso. “É a primeira vez que vemos se importarem com a nossa causa. As mães acabam vendo que os filhos não estão sendo excluídos, estão tendo inclusão perante o município. O cartão [CIPTEA] foi uma vitória, muito gratificante para a gente”, disse Michele.

Mais notícias

Você viu tudo

Não há posts