No mês de volta às aulas presenciais, escolas de SP registram 3,6 mil casos de COVID

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O primeiro mês de volta às aulas presenciais em São Paulo teve, pelo menos, 3.668 novos casos de COVID-19 entre as escolas municipais, estaduais e privadas do estado. Ao todo, SP possui 3,5 milhões de alunos apenas na rede estadual. Os dados são do SP1.

Entre os dias 2 e 31 de agosto, 3.668 casos suspeitos notificados no Sistema de Informação e de Monitoramento da Educação para COVID-19 (Simed) tiveram resultado positivo para o vírus no teste RT-PCR, enquanto outros 2.239 casos continuam em investigação.

Dos 3.668 casos positivos, 2.873 são estudantes, 735 são funcionários e 60 são trabalhadores terceirizados das escolas.

Segundo a Secretaria Estadual de Educação, os casos com RT-PCR positivo são tidos como “prováveis” e informados verbalmente às escolas, mas ainda é preciso cruzar as informações com os dados da área da saúde para confirmar o resultado do exame.

Agosto terminou com cerca de 60% dos 3,5 milhões de alunos de volta às escolas, ainda que não diariamente, o que equivale a um universo de 2 milhões de estudantes.

Mais notícias

Você viu tudo

Não há posts