Queima de calorias e motivação lá no alto

Um dinâmico esporte invadiu a Granja Viana e vem demonstrando ser um fenômeno de crescimento e sucesso em todo o Brasil: o Beach Tennis. Inicialmente, esta modalidade era praticada apenas em algumas praias do país, mas agora clubes, academias, hotéis e condomínios passaram a construir quadras para os antigos e novos praticantes.

Criada em 1997 na Província de Ravenna, Itália, o esporte tem suas regras bem parecidas com o Tênis, mas não se engane. Apesar de serem semelhantes, não são necessariamente iguais.

Veja algumas diferenças:
Não se usa as mesmas raquetes do tênis, para o Beach Tennis, as raquetes são específicas. Não tem cordas e são feitas geralmente de carbono, kevlar e grafite.
No caso da bola também é diferente da usada normalmente no tênis. Para as areias a bolinha é despressurizada (soft).
A rede é suspensa, como no vôlei por exemplo. E a altura oficial é de 1,70 metros.

O mais legal do Beach Tennis é que você não precisa ser um atleta de alto nível para praticar.
O empresário granjeiro Fábio Machado Izar, 49, começou a jogar na pandemia; ele, praticante de squash, sofreu com o fechamento das quadras e resolveu experimentar o Tênis de Areia com a esposa, que já praticava.
“A prática contagiou tanto que montamos uma quadra na empresa para jogar com amigos e funcionários”, contou Fábio.

Se por um lado o esporte tem atraído novos jogadores, há 11 anos Claudia Spina, 53, se dedica à modalidade.
Ela já venceu torneios e já teve momentos marcantes por conta do Beach Tennis. “Viajei com amigos para participar do torneio de Aruba, no Caribe, que foi uma experiência marcante; inclusive, assisti a jogos profissionais”. “Me proporciona bem-estar, novos amigos, além de melhorar meu preparo físico e ser um esporte com alto astral incrível, praticado ao ar livre”, completa.

Legenda da foto: Fábio Izar montou uma quadra de Beach Tennis na própria empresa para jogar com os funcionários

Legenda da foto: Claudia Spina: Beach Tennis “é um esporte agregador e desafiador”

Democracia pé na areia
A educadora física Regina Queiroz, 46, joga Beach Tennis há oito anos – dá aula também – e já venceu diversos torneios, inclusive da Federação Paulista. Ela garante: “qualquer um consegue jogar, é o esporte mais democrático que eu conheço”, afirma Regina que teve a vida completamente mudada pela modalidade. “É uma terapia. Na minha opinião, o melhor esporte para a saúde mental”, comenta.

Legenda da foto: Regina Queiroz representa as mulheres – por meio deste esporte – em todo o país

E aí? O que mais a gente precisa te contar pra você levantar do sofá e praticar Beach Tennis?
Só vem!

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  •  Comercial : 11 99972-9795

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Baixe nosso App

appstore  revista tudo

appstore  revista tudo

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros, de acordo com a LGPD (lei 13.709, de 2018)

 powered1

Abrir Chat
Precisa de Ajuda?
Powered by Upwebsites
Como podemos ajudar?