Espaços comerciais que abraçam: conheça o trabalho da Meneghisso & Pasquotto Arquitetura

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os conceitos atuais para projetos de arquitetura comercial tem considerado briefings intimistas e acolhedores, combinando usos até então pouco frequentes em design de ambientes assim.

O recém projeto inaugurado no centrinho da Granja é um exemplo dessa renovação de conceito. O projeto, que ocupa 2 prédios antigos abriga hoje uma corretora de imóveis.

A fase inicial da reforma recém concluiu o primeiro prédio, com 175 m2, o menor deles, que fica na José Félix de Oliveira. A segunda fase, que se inicia agora, reforma o segundo prédio. Recuado da avenida, com 250m2. E, diferente do que se espera de um projeto convencional, o conceito é para que cada ambiente traga experiências felizes e sensoriais para o cliente enquanto ele está envolvido em comprar ou vender propriedades.

Assim nasce uma imobiliária com:

  • espaços compartilhados para co-working;
  • salas de reunião com planta livre, que podem ser integradas e ampliadas, acomodam eventos e congressos maiores;
  • lounge com espaço de estar e cozinha para acomodar festas, celebrações. Almoços e jantares com local amplo para preparo de refeições;
  • um grande espaço infantil, com brinquedos, vídeo game e espaço para descanso. – espaço para terapias corporais;
  • espaço pet, ou seja, local para deixar os peludos a vontade e brincando;
  • cozinha para equipe com pátio para refeições também ao ar livre;
  • biblioteca;
  • diretorias (integradas ao staff com conexão visual);
  • arquivo;
  • lavandeira.

Além disso, a parte operacional dispõe de: administração e sala de corretagem no que chamamos de conceito “open space”, baias de trabalho compartilhadas.

O prédio menor estava deteriorado, com uma arquitetura criada a partir de containers. O partido do projeto foi manter essa padronização, por viabilidade de custo. E redesenhar o espaço mesclando a robustez desse conceito industrial com elementos naturais e acolhedores. E ao mesmo tempo delicados e elegantes, criando um contraponto.

O prédio maior, também em deterioração, em alvenaria convencional, uma pequena residência que ganhou com o tempo inúmeras intervenções pontuais para atender a demanda comercial que o local ganhou. Para esse edifício, a proposta está em resgatar a conexão da casa com o entorno ao criar acessos e áreas de convívio externos com acesso aos jardins, e retornar as proporções das aberturas e elementos de fachada de modo a destacar a arquitetura.

A ideia de integrar os dois anexos por um tapete desenhado em fulget, e uma cobertura em pergolado e jardim para criar a identidade comum aos dois. Que são separados pelo estacionamento e lindas árvores, pra gente não esquecer como é bom estar na Granja.

Alexandre Pasquotto e Mariana Meneghisso

Acabamentos naturais como corda, madeira natural, palha, compõem com tapeçaria em veludo e lustres charmosos, jardins suspensos. No Lounge comercial, os arquitetos criaram elementos requadrados suspensos, acústicos, aliando estética e função.

O dourado, da identidade da marca Casa Noble, se mistura com a paleta de preto e cinza, mas recebe toques de branco e peças delicadas para compor o mood final idealizado.

A iluminação intimista mesclada com a neutra proporciona espaços claros, e ao mesmo tempo, agradáveis de trabalhar e estar.

As fachadas, foram desenhadas em brises dourados assimétricos para trazer movimento, funcionar para o conforto térmico barrando o sol nos períodos mais quentes do dia, robustez e cirurgicamente ocultar estruturas existentes que não poderiam ganhar destaque.

O paisagismo leva espécies com referências de boas energias, prosperidade e feminilidade. E foram escolhidas para serem de fácil manutenção, sem necessidade de muitas podas e regas.

Quando pensamos que toda edificação tem um potencial imenso quando se tem um projeto assertivo, e que o cliente de sua empresa estar à vontade e feliz dentro de seu negócio é muito especial e lucrativo, percebemos que o trabalho do arquiteto e do design de interiores é um investimento muito importante.

Um projeto arquitetônico representa 3 a 5% do custo de uma reforma, é um número pouco representativo quando se compreende o valor agregado que ele incorpora aos espaços comerciais.

Projetos podem ser desde reformas completas para corrigir problemas estruturais aliado a novos usos e ambientes. Até uma consultoria para corrigir a iluminação ou a vitrine, por exemplo.

O casal de arquitetos granjeiros, Mari e Ale, da Meneghisso & Pasquotto arquitetura assinam esse belo trabalho. Com formação em arquitetura e design de interiores, a quase duas décadas, somam inúmeros trabalhos de peso na região da Granja, residenciais e comerciais, e a Granja é quem ganha com eles deixando tudo que desenham, mais bonito por aqui!

Serviço

Meneghisso & Pasquotto Arquitetura.
Contato: (11) 99272-8924
Instagram: meneghisso_pasquotto_arq
Mais informações: no site oficial

Mais notícias

Você viu tudo

Não há posts