Figura cativa nas listas de “lugares para conhecer antes de morrer”, a cidadezinha belga reúne o melhor da gastronomia, cultura e história. #Partimos!

Bruges, 2017 ou Bruges, 1830?

belgica08

Quem desembarca na charmosa cidadezinha localizada no nordeste da Bélgica passa, definitivamente, por esse “bug”. O destino é um daqueles onde se tem a impressão de que os relógios pararam de marcar o tempo.

Basta dar uma volta pela cidade para entender o porquê. Cruzar com carruagens, por exemplo, não é incomum. Essa peculiaridade, inclusive, somada às ruas estreitas com calçamento de pedra, os canais que a cortam de ponta a ponta e a praça central, iluminada por grandes candelabros, deram a Bruges o título de uns destinos mais românticos da Europa. Romântico e, consequentemente, belíssimo como se realmente fizesse parte de um conto de fadas.

A beleza e a importância histórica de Bruges, fez com que, em 2000, seu Centro Histórico fosse tombado como Patrimônio da Humanidade. Logo depois, em 2002, a cidade ganhou o título de Capital Europeia da Cultura.

O destino é ideal para ir com a cara metade ou para aqueles que adoram História. Ah! Os chocólatras também entram nessa, afinal de contas, estamos falando da Bélgica, reduto do melhor chocolate do mundo.

Não é brinquedo não

Entre os séculos XII e XV a cidade chegou a ser uma das principais economias da Europa, pois era repleta de comerciantes vindos de diversos lugares do mundo. Até que o rio, que ligava a cidade ao mar, foi assoreado e os navios ficaram sem acesso. Com isso, Bruges viveu um período “adormecido” e só acordou após 400 anos, pronta para brilhar mais do que nunca e receber uma quantidade de turistas cada vez maior.

“A cidade mais encantadora que já estive na vida”

É assim que a gerente de eventos Regiani Botti define Bruges. A paulistana esteve na cidade em maio deste ano, onde passou três dias. “É uma mistura de paisagens históricas com muito charme, lindos canais e pessoas simpáticas. Você já e conquistado na rua principal, com lojinhas de tapeçaria e bordados locais, um mais lindo que o outro!” diz.

Um dos locais que mais a encantaram foi a praça principal, onde estão concentrados o maior número de prédios históricos da cidade. Ela conta ainda que caminhar pelas ruazinhas estreitas e rodeadas por casinhas antigas a fez se sentir em outra época. “É tudo superpreservado e muito lindo”.

Para quem gosta de um “rolê” cultural, Regiani recomenda dar um pulo na Galeria Salvador Dali e no Bruges Historium – que proporciona ao visitante uma visita à Idade Média.

Já para os cervejeiros de plantão, ela diz que um destino certeiro. “São lojas, cervejarias artesanais e barzinhos para todos os lados e todos os gostos! São tantos tipos e sabores que você pode passar dias só degustando e fazendo uma viagem histórica, pois cada marca tem muita história para contar. É realmente maravilhoso!

Foram apenas três dias, mas para Regiani cada hora valeu a pena. “Estive em um cenário de conto de fadas que, certamente, nunca vou esquecer. Cada casinha, cada canal, cada pontinho da cidade tem uma história para contar”.

Assinamos embaixo.

Conexão Brasil x Bruges

 Bruges não possui aeroporto, o mais próximo é o Zaventem Airport, em Bruxelas, portanto, caso você queira visitar a cidade de avião, a melhor forma é descer em Bruxelas, a 100 km de distância, e da estação “Bruxelles Airport” pegar um trem para Bruges com duração de 1h30min.

 Atenção: Caso escolha ir de avião, fique atento ao aeroporto! Algumas companhias aéreas vendem o aeroporto de Charleroi como Bruxelas. Charleroi, no caso, é um aeroporto que fica a carca de 70 km de Bruxelas, ou seja, para chegar em Bruges levará um tempinho extra.

 A passagem de ida e volta de São Paulo para Bruxelas pela CVC sai por 3.987 reais (sem as taxas).

De trem

Particularmente, indicamos essa como sendo a melhor opção. A Europa possui um sistema ferroviário impecável, o que torna as viagens uma atração à parte. São quatro estações em Bruxelas que possuem trens para Bruges: Nord, Central, Midi e Airport. As passagens podem ser adquiridas no site da “Belgian Rail e custam a partir de 14 euros. (http://www.belgianrail.be/)

Sobre o clima, tudo pode acontecer. Em um mesmo dia sol e chuva! O inverno é rigoroso, mas não chega a ter temperaturas abaixo de zero. O verão é fresco, mas sempre com muitas chuvas. Nossa dica é ir entre os meses de julho e agosto, quando as temperaturas estão mais amenas. Mas vá preparado para ser surpreendido!

Recarregando as energias

 O Centro histórico é a melhor área para se hospedar em Bruges, pois você estará próximo de tudo. Como a cidade é bem pequena, do centro você fará as coisas a pé. Veja nossas indicações de hospedagem:

NH Brugge

NH Brugge é, na verdade, um antigo mosteiro no limite do centro histórico. O hotel possui quartos de casal, duplos com duas camas de solteiro, com decoração rústica, clássica e elegante. Uma ótima pedida para casais e famílias. Diárias a partir de 600 reais.

Vá lá: Boeveriestraat 2, Centro Histórico de Bruges / www.nh-hotels.com

Crowne Plaza Hotel

Localizado ao ladinho do centro histórico, o Crowne possui uma infraestrutura impecável – um dos seus diferenciais, além do delicioso café da manhã e as acomodações, é a piscina coberta e aquecida. Diárias a partir de 817 reais.

Vá lá: Burg 10, Centro Histórico de Bruges / https://www.ihg.com/crowneplaza/

Ibis Budget Brugge Centrum Station

O Ibis está situado ao lado da Estação de Trem de Bruges, na fronteira da cidade, bem pertinho do centro. As acomodações são amplas e confortáveis com opções para casais, viajantes solos ou família. Café da manhã incluso e bem servido. Diárias a partir de 323 reais.

Vá lá: Marie Popelinplantsoen 4, Centro Histórico de Bruges / https://www.accorhotels.com/

Hotel Bla Bla

O nome pode até soar engraçado, mas o Bla Bla é um dos hotéis mais bem recomendados e charmosos de Bruges. Além de oferecer acomodações impecáveis, o hotel ainda oferece aluguel de bicicleta e tem uma varanda charmosa para tomar café da manhã. Diárias a partir de 471 reais.

Vá lá: Dweersstraat 24, 8000 – Centro Histórico de Bruges / http://www.hotelblabla.com/

Vamos ao que interessa!

 Um verdadeiro paraíso gastronômico. Bruges é isso. A gastronomia belga é de deixar qualquer mortal maluquinho e para quem é apaixonado por chocolate e cerveja, o destino é o ideal. Resumindo: não há quem não passe muito bem por lá.

Brasserie De Halve Maan

A cervejaria foi fundada há mais de 50 anos e, até hoje, faz um sucesso danado entre locais e turistas. Nossa dica é o Vol-au-Vent de frango — uma espécie de torta, feita com massa folhada — acompanhada de fritas, salada (19 euros) e uma taça de Brugse Zot (3,40 euros). Não curte carne ou frango? Não se preocupe, pois, a brasserie também oferece um cardápio com saladas, croquetes, entre outras delícias.

Vá lá: Walplein 26 – 8000 – Centro Histórico

 Brasserie Cambrinus

Gastronomia flamenga de primeira! Experimente o carbonnade flamande (dos deuses) e o ensopado de carne, que leva a cerveja Gulden Draak, no preparo. Pratos a partir de 20 euros.

Vá lá: Philipstockstraat 19 – 8000 – Centro Histórico

Gran Kaffee Passage 

O Gran Kaffee é um hotel/ restaurante superaconchegante da área central da cidade. Sua especialidade é um dos pratos tradicionais belgas, o croquete. Por isso, não deixe de provar o duo de croquetes acompanhado de uma saladinha (10 euros). De prato principal, temos duas dicas: o steak tartare, acompanhado de salada e chips (17 euros) ou o bouillabaisse com peixe fresco do mar do Norte, uma espécie de ensopado de peixe e outros frutos do mar (21 euros). De comer rezando!

Vá lá: Dweersstraat 26, Centro Histórico de Bruges

Café Vlissinghe

Ir à Bruges e não conhecer o Vlissinghe, o pub mais antigo da cidade com “apenas” 504 anos de história é imperdoável! Os pratos saem a partir de 6 euros e nós recomendamos comer um waffle fresquinho de sobremesa.

Vá lá: Blekersstraat 2, 8000 – Centro Histórico

 Batendo perna

Apesar de pequena, Bruges tem muitas atrações – principalmente ligadas a cultura e história – mostrando que tamanho não é mesmo documento. Aqui, separamos as principais:

Barquinhos!

O passeio de barco pelos canais de Bruges dura apenas meia hora, mas é o suficiente para se ter uma boa ideia da história local e, claro, tirar fotografias incríveis da cidade, conhecida como a Veneza do Norte. O tíquete custa 8 euros (adultos) e 4 euros (crianças de 4 a 11 anos) e só pode ser pago em dinheiro vivo. O embarque acontece próximo à igreja de Nossa Senhora, esquina da Nieuwstraat com a Dijver.

Igreja de Nossa Senhora

Para os apreciadores de arte, em especial de Arte Sacra, essa é parada obrigatória. Aqui, é possível ver de perto a escultura A Madonna e a Criança, de Michelangelo, além de outras obras de arte como pinturas, sepulcros do século XIII e os belíssimos túmulos de Maria, a duquesa de Borgonha. A entrada na igreja custa 6 euros.

Chocolateeeee!

Os chocolates belgas são um dos mais famosos e saborosos do mundo e em Bruges lojas especializadas nas delícias de cacau estão por todos os lados. Vá à Godiva, cuja loja também vende morangos banhados em chocolate, no período mais quente do ano, e chocolate quente, no outono e no inverno. A Leônidas, também é parada obrigatória. É nessa loja onde você vai comer a melhor trufa de toda sua vida.

Campanário

O Campanário é o principal símbolo da cidade. O observatório foi feito em pedras para evitar que algum incêndio destruísse a cidade, coisa comum na época em que foi construído, no século XV.

Quer subir? Basta encarar uma pequena escadaria de 366 degraus para chegar ao topo, mas vale a pena… A vista de (toda) cidade é linda!

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  • Tel: 11 4617-4873

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Vila S. Francisco, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros.

Website desenvolvido por :  powered1