Quem já viu este filme? Lançado no finalzinho da década de 90 e protagonizado pelo hilariante Jim Carrey, o longa conta a história de Truman Burbank, que tem sua vida filmada 24 horas e transmitida ao vivo pela televisão, em um reality show de muito sucesso. Sem querer dar spoiller da trama, um detalhe fundamental, é que Truman é o único que não sabe que está sendo filmado. Existe toda uma estrutura de pessoas, cenários e situações que permite essa alienação…

Pois bem, pouco mais de vinte anos adiante, nos deparamos com um verdadeiro universo de vidas aqui e em todo o mundo, sendo transmitidas nos infinitos canais do poderoso Youtube, em que encontramos conteúdos diversos “estrelados” por uma carta imensa de pessoas de várias idades, uma verdadeira loucura, revolução…

Entretanto, quero falar aqui sobre uma boa fatia de todo esse gigantesco bolo: A infância sendo filmada. Não estou aqui para fazer o papel de “hater”, sou mãe, vivo essa fase com uma nascida digital e estou absolutamente consciente de que em toda evolução há transformação de comportamento, de ponto de vista, de significado.

Tudo bem, a televisão chegou, o telefone, o fax, os videogames… cada “coisa”, ao seu tempo, revolucionou, transmutou. Mas vendo aqui e ali, inúmeros vídeos de youtubers mirins com idades entre 6 e 12 anos, tenho pensado muito sobre essa infância diferente que está surgindo: a infância transmitida em sua particularidade!  No seio das famílias, dentro dos lares, na intimidade, no quarto, tudo e mais um pouco… Filma-se o acordar, o almoçar, crianças comendo com a câmera nas mãos, mostrando suas particularidades, abrindo presentes que ganharam, as viagens que fizeram, enfim…e tudo isso ciceroneado pelos pais…

Me corrijam se eu estiver errada, sou da década de 70, tive uma infância bem normal e já tive vontade de mostrar a minha boneca nova para a melhor amiga, mas fico me perguntando sobre os rumos disso tudo. A gente guardava na gaveta uma foto daquele dia na praia ou no parque e tudo era tão intenso e real. A memória era viva, verdadeira. Como será agora? O que é real? O que vai ficar?

Existem estrelas mirins com uma rotina dura de filmagens quase que diárias, com ideias que vão pipocando de um canal a outro em que se forma um cerco de um mesmo conteúdo, um mesmo jeito de falar, de agir, de começar e encerrar um vídeo e outro.

Na minha concepção de educadora há mais de 25 anos, temos urgentemente que pararmos para falar disso, pensar nisso, cuidar, refletir… Já disse, não sou dona da verdade, mas há que se buscar em nossos filhos, netos, sobrinhos, alunos, que guardem quem são, seus valores, sua identidade, sua face genuína, sem estereótipos, caricaturas de uma vida com o botão “rec” apertado.

Vamos pensar nisso, nessa circunstância creio eu, efêmera, mas que pode impactar toda uma geração de crianças que está vivendo sob essa obrigação de sempre apresentar suas vidas em seus canais.

Me lembrei de outro filme, o Conte Comigo, que tem a emblemática canção de John Lennon. Nele, há um momento tão genuíno, em que um dos meninos vê um cervo na mata e pensa:

“Esse presente vou guardar pra mim.”

Guardem seus tesouros, sua intimidade, seus momentos… Estou tentando encorajar a reflexão de, pelo menos, dosar tudo isso, cuidar… Ainda não conseguimos saber no que tudo isso vai dar. Eu mesma nunca li nenhum material sobre o assunto, mas certamente haverá de ter uma regulação, um código de ética.

O que será da infância filmada? O que você pensa sobre isso?

Deixo então essas duas dicas de filmes que citei! Mas, lembrem-se que no caso do Truman, ele não sabia o que estava acontecendo. Qualquer semelhança é mera coincidência.

Boa reflexão!

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  • Tel: 11 4617-4873

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Vila S. Francisco, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros.

 powered1