Em tempos tão violentos, defesa pessoal é a melhor alternativa para se prevenir? E se essa defesa fosse um esporte, uma prática que além de te prevenir ainda te desse condicionamento físico e qualidade de vida?

Sim, isso existe e se chama Krav Magá!

Trata-se uma luta israelense reconhecida mundialmente como arte de defesa pessoal e não arte marcial. Foi criada na década de 1940, pelas mãos de Imi Lichtenfeld (Z”L) em uma Israel que sofria com guerras e muita violência. Ele percebeu que todas as técnicas de combates e lutas que existiam de nada valiam diante daquela realidade. E tendo como ferramenta apenas seu próprio corpo, entendeu que seus movimentos naturais poderiam ser trabalhados em sua defesa e que seus pontos fracos e sensíveis também o eram para seus inimigos e adversários. Assim, o Krav Magá surgiu como uma técnica corporal e espiritual, que pode ser utilizada por qualquer um, independente de força ou preparo físico, idade ou sexo. Ou seja, defender sua vida por meio de sua mente e corpo.

Segundo nos explicou o Mestre Osmar Kakuhama Filho, que tem uma academia de treinamento de Krav Magá em Cotia, ao sofrer uma ameaça ou agressão de fato, você tem duas alternativas: reagir ou não reagir. O Krav Magá te ensina a reagir de forma adequada, com preparo físico e emocional, preservando ao máximo a sua integridade.

Na prática, a técnica utiliza a transferência de peso e a força de explosão, potencializando a ação independentemente da força física. Não há regras ou competições, uma vez que o objetivo é a defesa em situações de perigo real. Com respostas simples, rápidas e objetivas para situações de violência do dia a dia, mostra ao cidadão comum como se defender, independentemente de condicionamento físico, idade ou sexo. 

No entanto, apesar de não haver regras, formaturas ou campeonatos, como é comum nas artes marciais, Osmar explica que é um treinamento pra vida toda. “Você sempre vai desafiar seu corpo, sempre há o que melhorar”, ele diz. Além disso, ressalta outros benefícios já no curto prazo, como elevação da autoestima, melhora no alongamento e nas funções cardiorrespiratórias.

Por conta disso, os alunos que procuram o Krav Magá vão desde 5 anos de idade até idosos de mais de 70 anos. “Trabalhamos a defesa de uma forma muito simples e objetiva. Em pouco tempo a pessoa já evolui. Se ela chega sedentário, ela começa a ver a melhora no desempenho físico”, explica o mestre Osmar.

Nossa Diretora de arte, Lilian XXX, se interessou pela luta e foi fazer uma aula experimental. Suas primeiras impressões foram muito positivas. “A parte do condicionamento físico é super forte e a cada aula o professor vai ensinando novos golpes. Fala da importância da transferência do peso, ou seja, ao dar um soco, você não usa só a força do braço, você transfere todo o peso do corpo para o movimento. Além disso, você aprende como bater, com que parte da mão vai se machucar menos. Achei bem interessante e diferente de outras lutas que eu conheço. Porque o objetivo é parar o agressor utilizando o menor tempo e a menor quantidade de golpes possível”. Segundo ela, adorou e vai se tornar praticante do Krav Magá!

 

Autocontrole

Mas engana-se quem pensa que estamos falando de violência ou de pessoas agressivas. Segundo o Mestre Osmar, há pais de alunos que procuram a luta justamente para controlar uma possível agressividade. Isso porque por meio do treinamento, o aluno aprende a controlar seus seis sentidos (aguça os cinco sentidos e desenvolve o sexto, a capacidade de pressentir os movimentos antes de serem esboçados, percebendo o mundo à sua volta). Ou seja, desenvolve o autocontrole do seu corpo e da sua mente.

Tal preparo fez com que a técnica fosse adotada em diversos meios da segurança, como forças armadas de diferentes países e nas áreas de segurança pessoal.

Os encontros acontecem, normalmente, duas vezes por semana, com duração de duas horas, em aulas coletivas. As práticas sempre são em duplas, onde uma pessoa faz o papel do agressor e a outra de vítima, para depois trocarem. Ou seja, no caso de uma situação, real, o aluno do Krav Magá sabe desenvolver ambos os papeis, o que facilita muito a sua defesa.

E aí? Que tal experimentar algo novo?

Ensinamentos do Krav Magá

Fonte: Federação Sul Americana de Krav Magá

  • Coragem: enfrentar obstáculos, não importando a sua dimensão;
  • Equilíbrio emocional: controlar as emoções, não permitindo que o medo impeça a ação;
  • Paciência: uma mudança de postura em relação a vida e a si próprio: acontece gradativamente, cada um ao seu tempo;
  • Respeito: respeitar a si próprio e ao próximo, até mesmo o inimigo.

 

Krav Magá Cotia – http://www.kravmagacotia.com.br/

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  • Tel: 11 4617-4873

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Vila S. Francisco, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros.

 powered1