A COVID-19 impactou quase todas as atividades do Mundo. No início do ano tínhamos uma expectativa de crescimento, para o Brasil, da ordem de 1,5% a 3,0%. Entretanto, veio a pandemia e teremos sorte se nosso PIB for de apenas 4% negativo, Os mais pessimistas já falam em mais de 5% negativo, o que será um completo desastre para o Brasil.

 

Dentre vários setores, o de turismo é, sem dúvida, um dos mais prejudicados. Segundo o IBGE, o setor representa mais de 3% do PIB e sua dinâmica é composta por diversas atividades que serão diferentemente impactadas nessa crise.

 

Em nossas análises, deveremos demorar até um ano e meio para recuperar o setor, considerando a hipótese de estabilização da pandemia nos próximos 3 a 4 meses, conforme demonstra o gráfico a seguir. 

 

Nesse período, as perdas em comparação ao PIB do setor em 2019 serão maiores que R$116,0 bilhões ao considerarmos o período de 2020-2021, o que representa perda mais de 21,0% no total do período.

Medidas urgentes precisam ser adotadas especificamente para o setor se recuperar, aliviando a pressão operacional e salvando empregos. Por exemplo:

  • Auxílios públicos serão essenciais para manter o setor, com disponibilização de crédito, principalmente para o setor aéreo.
  • Renegociação dos contratos de concessão (aeroportos, centros de eventos e pacotes com agências) para dar tempo para a recuperação dos negócios.
  • Recursos e esforços para a promoção do turismo doméstico. O crescimento econômico do setor está fortemente focado à promoção de pacotes via agências. A pandemia traz a necessidade de revisão dos planos que estavam em andamento e revisão com os consumidores. 
  • Crédito ao consumidor com condições atrativas. No período de retomada, as finanças familiares e das empresas do setor estarão péssimas. Será necessário crédito especial às operadoras e aos consumidores de forma viabilizar a estada de lazer no Brasil. 

Isso só pra começar….                                

                                                                        Giancarlo Pereira, Prof. Dr.

 

profgian@hotmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/giancarlo.pereira1

Linkedin: http://br.linkedin.com/pub/giancarlo-pereira/71/a70/64b

 

 

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  •  Comercial : 11 99972-9795

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Baixe nosso App

appstore  revista tudo

appstore  revista tudo

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros.

 powered1

Abrir Chat
Precisa de Ajuda?
Como podemos ajudar?