Você tirou férias ou, caso da maioria, apenas deu um respiro neste último mês de julho? Talvez nem o respiro, não é mesmo? Seja como for, ao retomar sua vida e colocar em perspectiva que há todo um segundo semestre pela proa, você se torna – ou melhor, todos nós nos tornamos – vítimas potenciais de um dos sete famosos pecados capitais: a preguiça.

É… começar tudo de novo. Para alguns, fonte de estímulo, transformações e crescimento. Para outros, entretanto, só de pensar dá aquela leseira. Se for o seu caso, não se avexe. Apenas fique atento para que a preguiça não estenda perigosamente seus domínios, conquistando não apenas seu corpo, mas sua mente e sentimentos também. Costumamos associar essa vontade de nada fazer apenas ao corpo, mas um exame mais detido do tema amplia nossa compreensão. A iminência do pensar já é suficiente para tornar muitas pessoas cansadas.

Preguiçosos são aqueles contumazes doentes do amanhã. Vivem adiando projetos, decisões, atitudes. “Amanhã eu faço, amanhã eu começo” é seu mantra predileto. Alguém precisa dizer a eles que amanhã será consequência de hoje, assim, como hoje é consequência de ontem. E que só posso mudar amanhã se mudar hoje, agora. A potência de estrago da preguiça pode ser devastadora.

Preguiça é sinônimo de aversão a qualquer tipo de movimento, esforço ou trabalho. Ou seja, é a antivida. Na natureza, ela não existe. O que ocorre são fenômenos mais lentos e repouso. Conosco se dá o mesmo. Descanso e uma preguicinha de vez em quando são legítimos e naturais, bem-vindos até. Resguardam nossa energia.

 

 

Mirra Alfassa, “a Mãe”, uma mestra espiritual de origem egípcia e incansável trabalhadora nos ensina:

 

“No momento em que você para de avançar, você retrocede. No momento em que você está satisfeito e não aspira a mais nada, você começa a morrer. A vida é movimento, a vida é esforço, é marchar para frente, escalar montanhas, ascender em direção a futuras revelações e realizações. Nada é mais perigoso do que querer descansar e nada mais fazer. É na ação, no esforço, na marcha para frente que você deve achar descanso, o verdadeiro descanso que vem duma total confiança em sua força interior.”

Fernando Vianna é instrutor de Meditação e Revitalização Integral. É consultor de I Ching, palestrante e realiza consultoria e treinamento em aperfeiçoamento pessoal.

ferseth@gmail.com

 

 

 

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  • Tel: 11 4617-4873

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Vila S. Francisco, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros.

 powered1