Longas estradas, pequenas cidades, xerifes, bares rústicos com caubóis entrando e saindo, terras áridas.
O sul dos Estados Unidos está mais pra cenário de filme de faroeste do que para o turismo, propriamente dito.  É que no ranking dos estados mais visitados dos EUA estão no topo Nova York e Flórida e o que muita gente não imagina é que turistar pelo lado sul do país pode ser encantador.

O Texas é um dos 50 estados dos Estados Unidos. Possui como limites o estado de Oklahoma ao norte, Novo México ao oeste, Arkansas ao nordeste, Louisiana ao leste e México ao Sul. As porções de comidas, as picapes, os enormes chapéus de caubói e até mesmo os milhares de quilômetros de uma fazenda; o estado comporta uma variedade tão grande de experiências que poderíamos levar meses, talvez anos, para explorar todos os seus detalhes e particularidades.
Das danças country ao churrasco texano do lendário Franklin Barbecue, em Austin, considerado o melhor restaurante de churrasco dos EUA e que faz fila de duas horas e meia para se saborear sua carne, um bom motivo para você visitar o estado é a crença de que um tesouro de ouro de 60 milhões de dólares esteja enterrado em um pasto de 80 acres perto de Clyde.  Quem sabe você não é o felizardo.  

Houston: parada obrigatória
A primeira coisa a saber sobre Houston é: você vai precisar de um carro. A cidade é grande; autopistas e viadutos estão por toda parte, fazendo com que o sistema de transporte público não seja prático o suficiente para cobrir distâncias tão grandes. Táxis são escassos. Portanto, siga nosso conselho: alugue um carrinho que você ganha mais. Dá para sair motorizado desde o aeroporto George Bush (IAH). Todas as locadoras de veículos têm agências no aeroporto, e a Rentalcars é um bom consolidador para encontrar o menor preço. Ônibus levam passageiros de todos os terminais ao anexo onde ficam as locadoras.
Houston não é tão bonita quanto deveria, mas oferece boas opções de lazer para toda a família.

Opção de hospedagem (dentre dezenas de opções):
Hotel Alessandra
Situado no centro de Houston, o Hotel Alessandra fica a 6 minutos a pé do Toyota Center e ao longo da linha de Metrorail Houston.
Preço médio da diária: 772 reais

Diversão garantida
Em família, pode valer a pena comprar um City Pass que engloba muitas das principais atrações turísticas. Uma opção que deve constar no roteiro é a ida até o Museum District, que nada mais é do que a fusão de 19 museus e instituições culturais concentrados em um só bairro, 10 deles com entrada gratuita diariamente. Os temas expostos são os mais diversos. 
Uma dica preciosa é para visitar a divertida seção de insetos, com um borboletário incrível – sucesso garantido entre crianças e adultos, numa estrutura de vidro de três andares que recria uma floresta tropical. Houston possui um teatro e vira e mexe tem espetáculo da Broadway por lá. Na base da NASA na cidade, dá para ver foguetes de verdade.
Excursão Turística pela cidade e ida até o Centro Espacial da NASA em Houston: 293 reais
Excursão de dia inteiro pelo Centro Espacial da NASA: 420 reais
O Parque Hermann é um lugar bonito e agradável e a entrada é gratuita

Seguuuura peão
Um dos maiores eventos do calendário da cidade é o Houston Livestock Show & Rodeo, que acontece em entre o final de fevereiro e o começo de março no Reliant Park. É o maior rodeio indoor do mundo, combinado com exposição de gado, shows de música e competição de churrasco. A programação dura diversos dias.
E por falar em caubóis, em Houston fica o maior bar gay country do Texas. Chama-se, muito apropriadamente, Neon Boots. Não é o máximo?
Acesse: www.neonbootsclub.com

Quando ir:
Com um verão extremamente quente, onde as temperaturas atingem fácil a marca dos 40 graus quando ainda é primavera, os termômetros já começam a passar dos 30 graus, indo até meados de outubro com bastante sol e calor. Agosto é o mês mais quente de todos, então pra quem não gosta de passar o dia suando, evite viajar pra lá nessa época. Em uma região que faz tanto calor, o inverno também não é muito rigoroso. Dezembro e janeiro são os meses mais frios, mas as temperaturas mínimas chegam a 11 ou 10 graus, ou seja, é bem tranquilo, diferente das cidades do norte dos Estados Unidos. Para muita gente, é até uma boa época para visitar a cidade.

Água na boca
Não importa qual região do Texas você visite: sempre estará pertinho da culinária Tex-Mex. Ela pode ser servida em um lugar estiloso por um chef em ascensão, que dá toques requintados de gastronomia, ou numa birosca de várias gerações sem frescuras, onde comida caseira – como tortillas – são feitas diariamente à mão.
Tacos e nachos se misturam à carne de vaca fresca, macia e grelhada e quem ganha é o cliente que se aventura numa experiência realmente fascinante.
No Oxheart, prove pratos típicos do Texas, como carne de javali e sorbet de caqui. O evento Houston Restaurant Weeks, realizado todos os anos no mês de agosto, apresenta outra perspectiva irresistível, como menus especiais disponíveis em estabelecimentos de toda a cidade.

Custos para comer
Café da manhã: 41 reais
Almoço: 56 reais
Jantar: 67 reais

Dallas, querida
A terceira maior cidade do Texas infelizmente carrega a marca de ser a cidade onde o presidente John F. Kennedy foi assassinado e a praça onde ocorreu o fato hoje em dia virou uma espécie de atração turística onde pessoas param para fotografar.
Para fazer a locomoção do Aeroporto Internacional de Dallas até o centro da cidade, o turista tem algumas possibilidades. O modo mais fácil, porém mais caro, são os táxis.
Já para quem quer economizar, a boa pedida é fazer o percurso usando trens. O viajante poderá facilmente se conectar com outras linhas de ônibus e trens, chegando facilmente em todos os cantos da cidade. Para quem pretende comprar o bilhete com duração de duas horas, o valor é U$2,50, enquanto o ticket diário custa U$5,00.
– Valor da passagem São Paulo – Dallas: em torno de 3.500,00.
– Aluguel de carro em Dallas: a partir de 140 reais.
– A diária de uma pousada em Dallas custa em média 180 reais.

 
Business
O Texas é uma grande região produtora de petróleo (lembra dos postos Texaco?) e os negócios são uma das principais razões que levam brasileiros até lá.

O estado do Texas concentra o maior número de fazendas nos Estados Unidos. Depois vem o estado de Missouri e Iowa.  Mas o interessante é destacar que o Texas tem mais fazendas que Missouri e Iowa juntos. O que as fazendas norte-americanas mais produzem é milho. Aliás, os Estados Unidos é o maior produtor mundial de milho, representando cerca de 36% de todo grão produzido no mundo.

Paris é uma cidade localizada no Texas, no Condado de Lamar. Sua marca é a torre Eiffel com um chapéu no topo.

Com 695.662 quilômetros quadrados, o Texas é maior que a Alemanha, Inglaterra, Escócia, Irlanda, Irlanda do Norte e Bélgica. A extensão de terra cultivada no estado é maior do quem qualquer outro lugar do país. 

Depois de lutar por sua independência contra os mexicanos entre 1835 e 1836, o Texas viveu um breve capítulo da história como uma nação soberana – a República do Texas, que existiu por quase uma década.

Legenda da foto (Nasa): o centro de comando dos voos tripulados, treinamento, pesquisa e controle de voo da NASA – National Aeronautics and Space Administration, a agência espacial norte-americana, fica na cidade de Houston.
Em abril de 2019, faz 49 anos que o piloto do módulo de comando da missão Apollo 13, da NASA, John Swigert, disse a célebre frase “Houston we’ve had a problem” depois que um dos tanques de oxigênio da nave em que ele e sua equipe estavam explodiu e determinou o completo fracasso da missão. Apesar de tudo, como todos os membros da tripulação sobreviveram, a Apollo 13 foi considerada pelo comandante James A. Lovell Jr. uma “falha bem-sucedida”. A tragédia custou US$ 375 milhões à agência.

Estados do Sul: Alabama, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Flórida, Geórgia, Kansas*, Kentucky*,Delaware*, Louisiana, Maryland*, Mississippi, Missouri*, Tennessee, Texas, Virgínia e Virgínia Ocidental*. (estados assinalados com * são estados de fronteira, sendo considerados por algumas fontes como estados do Norte, e por outras, do Sul.

O que atraiu a brasileira e bióloga Renata Salas Collazo (autora do blog http://www.mariaaquieali.com) a morar em Houston, no Texas são motivos bastante consistentes.
Segurança: Em linhas gerais, as cidades do Texas são bem tranquilas e seguras. É normal morar em casas sem grades ou muros. Pouquíssimas residências são em condomínios fechados com segurança 24 horas, como estamos acostumados em algumas cidades do Brasil.
Educação: Somos privilegiados em Houston e subúrbios com escolas excelentes, públicas ou privadas.
Custo de vida: O Texas, de uma forma geral, é um estado com um custo de vida bastante atraente. Moradia e alimentação são os que encabeçam a lista de melhores preços. 

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  • Tel: 11 4617-4873

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Vila S. Francisco, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros.

 powered1