Muito se fala em especulação imobiliária, como anda o mercado de imóveis ou como anda a nossa região nos últimos tempos.

Para bater um papo sobre tudo: investimentos, procura, empreendimentos e esclarecer algumas dúvidas, convidamos um time de peso, grandes empresário do setor, e o resultado você confere nesta matéria.

Veja quem esteve conosco:

  • Hélio Alterman, sócio da Proinvest
  • Manoel Donatelli, gerente da Proinvest
  • Pedro Costa, diretor Front Empreendimentos
  • Confúcio Cavalcante, sócio-diretor da EP Empreendimentos
  • Ovídio Roger Armelin, diretor da Techné Arquitetura

A Granja Vianna já foi o sonho e o refúgio de muitos paulistanos. Famílias inteiras mudavam-se para cá em busca de qualidade de vida e de ter um “casão”, com piscina, quadra, churrasqueira e muito espaço. Hoje em dia a região ainda oferece tudo isso, mas de uma maneira diferente. Com o tempo ( e a crise financeira no Brasil e no mundo), a região passou a ter condomínios de luxo, com todo conforto e espaços de lazer, porém agora compartilhados.

Além disso, o perfil das pessoas que procuram a região também mudou. Por conta de um novo estilo de vida e uma geração mais conectada, as famílias hoje buscam empreendimentos inovadores, sustentáveis, que valorizem arquitetura e muitas funcionalidades. Ou seja, ainda há a busca por qualidade de vida, sem abrir mão do conforto, porém de uma maneira diferente do que era feito há dez anos.

Os condomínios hoje apostam em áreas de convivência. E o que percebemos, cada vez mais, é que as famílias moradoras de condomínios são famílias entre si. Grandes turmas de amigos que gostam de receber os amigos e se reunir para comemorações.

Pedro ressalta que a própria Front Empreendimentos,  aposta em unidades com metragens menores do que as grandes casas da região, porém com mais áreas de lazer compartilhadas. “Atendemos um novo perfil de pessoas da terceira idade, divorciados, jovens saindo das casas dos pais, e que buscam praticidade na nova moradia e menos custos de manutenção com suas residências, sem abrir mão da conforto e qualidade de vida”.

Ou seja, as famílias que se mudaram para cá há 10, 15 anos atrás, hoje têm seus filhos crescidos, cuidando de suas vidas, e querem mais praticidade.

Mas então é o fim dos grandes casarões?

Todos respondem que não, em uníssono.

Cavalcante ressalta que o luxo da Granja Viana nunca vai morrer. Ou seja, estamos falando em espaços menores, porém com muita sofisticação, agora acompanhada de tecnologia. “Há muitos empreendimentos por vir, de alto padrão, para atender uma demanda reprimida”, completa.

Mas, e a crise?

Isso é fato e todos concordam. O setor imobiliário é o primeiro a entrar na crise e o último a sair dela. Hélio da Imobiliária Proinvest, comenta que seis anos atrás havia cerca de 800 corretores vivendo exclusivamente do mercado imobiliário na região. Com a crise reduziu-se muito. Hoje existem, no máximo, 400. Os que sobreviveram, tiveram que se municiar de instrumentos que antes não existiam. A forma de negociar mudou muito com as redes sociais e o Whatsapp.

Certamente a nossa região sofre um pouquinho mais, porque temos dois problemas graves – infraestrutura e segurança.

Hélio comenta que a Raposo Tavares é um grande entrave tanto para empreendedores quanto para os próprios moradores. “Tem gente que muda pra cá e desiste em um ano, por conta do trânsito e do estresse que ele gera. O setor imobiliário e a sociedade civil precisam se unir para pedir melhorias ao governo do estado”, diz.

No entanto, apesar dos empresários e empreendedores terem essa percepção e acompanharem a tendência do mercado, construir um empreendimento na região não é tarefa fácil. Cavalcante comenta que o empreendedor precisa fazer a mea culpa. “É fácil colocar a culpa na crise, quando ele, empreendedor, não faz investimento no entorno. Ou seja, para construir algo, é preciso apostar na infraestrutura, fazer obras em parceria com a prefeitura, ter responsabilidade social”.

Ovídio comenta que a Granja reflete o que acontece no Brasil. É preciso cobrar sim, porém a sociedade também precisa se mobilizar. No entanto, eles são unânimes em concordar que existe sim um otimismo que começa a crescer neste ano.

Salas Comerciais

Houve um boom na região com uma oferta absurda de salas comerciais. Manoel comenta que cinco anos atrás haviam 1200 unidades de demanda de escritório. Em três anos foram oferecidas três mil unidades. Hoje em dia temos cerca de 1500 unidades paradas.

Cavalcante, que em breve lançará um empreendimento comercial na Estrada Fernando Nobre, comenta que a estratégia é oferecer ao morador um modelo de negócio que funcione para ele aqui, como funciona em São Paulo.

“Apostamos na logística, por exemplo, uma vez que tem muitos profissionais liberais na região, que precisam de serviços como este”.

Ou seja, embora nem sempre o cenário seja animador, especialmente para este time, que está há tantos anos no mercado, é fato que a região é muito promissora e ainda há sim muitas oportunidades a serem exploradas.

Preço Médio dos imóveis na região:

  • Venda de Imóvel Residencial – De R$ 500 mil a R$ 1 milhão
  • Locação de Imóvel Residencial – De R$ 2.500 a R$ 5.000
  • Venda de Imóvel Comercial – De R$ 200 mil a R$ 400 mil
  • Locação de Imóvel Comercial – De R$ 1.000 a R$ 2.000

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  • Tel: 11 4617-4873

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Vila S. Francisco, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros.

 powered1