A maneira como a vida deve ser

Filme americano adora o Maine.
Um bom exemplo é o farol de Port Clyde – Marshall Point Lighthouse – que serviu de cenário para o filme Forrest Gump. Quem lembra?
Outros filmes e séries famosas completam o leque de obras que aproveitaram a paisagem nordestina norte-americana.
Em qualquer estação do ano, a costa rochosa de Maine é linda, seja recoberta de flores silvestres da primavera ou de folhas secas do outono.

 

A gente também adora o Maine.
Primeiro porque 90% do estado é floresta (e nós amamos um verde), segundo porque possui mais de cinco mil quilômetros de rios (somos fanáticos por água).
Verões quentes e invernos rigorosamente frios compõem o clima temperado do local.
Conta com três regiões metropolitanas: Portland, Lewiston-Auburn e Bangor, famosa, entre outras coisas, por ser o lar do escritor Stephen King.

.
O interior também é de muita beleza, com montanhas e florestas, ideal para a prática de atividades ao ar livre, inclusive esqui no inverno.
No entanto, a cultura do Maine está muito relacionada ao mar, o que fica evidente com os pescadores espalhados pela costa e com veleiros que passam pelo litoral todos os dias. Para mergulhar mais nessa história, visite o Museu Marítimo de Maine, que é fantástico.

Os Farois

Os farois são as grandes estrelas. Apesar de mais da metade deles terem sido desativados ou até mesmo destruídos ao longo do tempo, hoje o estado de Maine abriga uma formidável seleção de cerca de 70 faróis de navegação marítima espalhados por sua belíssima costa.
Os que ainda permanecem em operação, foram totalmente automatizados nos últimos 30 anos. Os que ainda permaneciam de pé estão desativados, foram reformados e transferidos para fundações e organizações privadas que cuidam desse verdadeiro patrimônio marítimo da Nova Inglaterra.

 

E quando o turista cruza a fronteira do estado é recebido pela frase: “Welcome to Maine. The way life should be” ou “Bem-vindo ao Maine. A maneira como a vida deveria ser”.

 

O que significa a Nova Inglaterra?
O nordeste dos Estados Unidos é considerado o berço do país. A região, chamada popularmente de Nova Inglaterra, engloba seis estados: Maine, Vermont, New Hampshire, Massachusetts, Rhode Island e Connecticut. Quem viaja por esses destinos vai se deparar com uma história rica, cultura, tradições, pequenas cidades pitorescas, grandes universidades e natureza. O clima consiste em quatro estações bem definidas, com neve no inverno, árvores com folhas vermelhas e alaranjadas no outono, dias quentes no verão e temperaturas amenas na primavera. Já a culinária é baseada em frutos do mar muito frescos e de alta qualidade.

 

A pacata cidade costeira de Portland

Escolhemos Portland porque é a maior cidade do estado, com cerca de 70 mil habitantes, embora não seja a capital. Está localizada a 170 km de Boston. A passagem ida e volta saindo de São Paulo custa uns R$7 mil. A área portuária é a principal atração e é super gostosa para se passear; conta com arte de rua, barcos ancorados e materiais de pesca. Em cada um dos piers é possível encontrar lojas, restaurantes e pequenos mercados de peixe, com produto fresco e de qualidade.
Uma boa dica de passeio, segundo o site “Na Dúvida, Embarque”, é a loja Sea Bag que comercializa bolsas feitas com material de velas de barco. É uma mais linda que a outra e ideal para usar na praia.
Dá para fazer passeios de barco – que é beeeem agradável – e conferir de perto ilhas particulares, mansões à beira-mar e os faróis espalhados pelo local. Mesmo se estiver calor, leve um casaco por causa da ventania em alto mar. Os passeios costumam ser de maio a outubro, quando a brisa do mar não congela.
A Casco Bay Lines é uma empresa convencional de ferries que ligam as ilhas da região.

O bairro Old Port é charmoso e acolhedor, com ruas de paralelepípedo e com várias opções de hospedagem. Dali também é possível ver um pôr do sol lindo e os moradores costumam se reunir para assistir ao espetáculo no céu.

 

Dica para o viajante: Quer viajar de carro pela costa de Maine? Boston, Massachusetts, é um excelente ponto de partida. Se descer no Aeroporto Internacional de Logan, em Boston, você terá fácil acesso a inúmeras locadoras de automóveis e a tudo o que a cidade pode proporcionar.

 

 


O Farol Fort Williams Park, por exemplo, teve um papel super importante durante a primeira e segunda guerras mundiais, em defesa da costa dos EUA. Ele funcionou de 1873 até 1964. Fica localizado em um Parque com área para piquenique, quadra de esporte para basquete e tênis e os moradores do entorno utilizam bastante para caminhadas. A vista é lindíssima.
Sem dúvida, será um dos grandes destaques da sua estadia em Portland.

 

Gastronomia
O Maine é famoso pela culinária com frutos do mar. Destaca-se por suas lagostas, as grandes estrelas tanto em restaurantes premiados quanto em food trucks. Aliás, alguns restaurante pescam, pesam e já preparam ali na hora. O estado também foi pioneiro no país na fabricação de cervejas artesanais. São mais de 300 microcervejarias num dos menores estados americanos.

Portland se orgulha da sua produção local e artesanal de comida. Os turistas enlouquecem no Portland Food CoOp, um supermercado administrado em forma de cooperativa que só vende orgânicos. Tem sorvetes e queijos, uns mais gostosos que os outros.

Onde comer?
PortHole
Restaurante simples e debruçado sobre a baía.
Uma dica: Sente do lado de fora, peça um chopp artesanal, ganhe um babador e por US$25 coma com as mãos duas lagostas do tamanho de polvos.

 

Hospedagem
Holiday Inn Portland By The Bay
R$400 a diária para duas pessoas
Incluso traslado do aeroporto

 

Mas, diz aí…
Que tal um bar com 300 opções de rótulos de cerveja? O Novare Res Bier Café fica num galpão e tem um pátio super gostoso para os dias quentes. Prefere chopp? O The Great Lost Bear, do ladinho do Old Port, tem 69 torneiras. Tour para as cervejarias e vinícolas artesanais? O ônibus escolar amarelinho do Maine Beer Tours te leva em várias (o ingresso custa a partir de 75 dólares). E se você é um dos nossos, encontre o grupo de corrida do Liquid Riot às 18h15, às quintas feiras. Eles correm diversas distâncias pelas ruas de Portland e depois se reúnem no bar para beber uma gelada.

 

Allagash: A maior cervejaria da região ainda assim é pequena, produzindo 70 mil barris por ano. E como se não bastasse a cerveja ser boa, o tour e todas as degustações são gratuitas.

 

Lewiston e Bangor
Lewiston é uma cidade do estado americano do Maine, no Condado de Androscoggin. Foi fundada em 1795 como vila e em 1863 como cidade.
São cerca de cinco horas de viagem direta de Boston até Bangor, mas fazer o trajeto com paradas estratégicas torna a aventura ainda mais especial.

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  • Tel: 11 4617-4873

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Vila S. Francisco, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros.

 powered1