Diga-nos que cerveja bebes que diremos para onde deves ir. Salvar e Sair

Olha, se tem algo mais gostoso do que beber uma boa cerveja e jogar conversa fora ainda não conhecemos. E por esse Brasil afora, opções lupuladas é o que não faltam.
Homens e mulheres estão cada vez mais em busca de marcantes experiências cervejeiras, até mesmo porque se engana quem ainda vive na caretice de que passeios assim “é coisa de homem”. O mercado de cervejas artesanais tem se preparado para agradar o público feminino que entende, discute e bebe cerveja como ninguém.

 

Cerveja é cerveja em qualquer lugar do mundo?


Depende. Se você acha que cerveja é aquilo que se compra no mercado a R$3,99 está enganado. Esses tipos de cerveja não passam nem perto dos autênticos apreciadores da bebida. Cervejas artesanais são produzidas através de fermentação e as principais matérias-primas são: água, malte, lúpulo e fermento. Não possuem os tais “cereais não maltados” que, normalmente, possuem as cervejas industrializadas.
(Veja mais diferenças na matéria de gastronomia; lá, também, confira os principais tipos de cerveja existentes)

O Brasil fechou o ano de 2018 com 889 cervejarias em operação. Nessa soma estão apenas as que têm fabricação própria, portanto, se somadas às ciganas (que usam instalações de terceiros) a quantidade é bem maior.

Se você já é ou quer se tornar um bom bebedor de cerveja e, de quebra, adora viajar, a equipe da TUdo preparou alguns roteiros para você ter uma experiência única, fazendo duas coisas que brasileiro ama: beber cerveja e cair na estrada.

O que a gente deseja:  Saúde e boa viagem.

Terras sulistas

A rota turística Vale da Cerveja, em Santa Catarina, é o projeto ideal para conhecer cidades charmosas, degustar cervejas artesanais saborosas e participar de atrativos para toda a família. O roteiro conta com 13 cervejarias que disputam a atenção – e a aprovação – do público; algumas delas, inclusive, já conhecidas pelos paulistas como a Eisenbahn e Bierland.
O melhor de tudo é que, para visitar esse paraíso, você nem precisa se hospedar tão longe. O Vale tem parcerias com hostels, hotéis e pousadas para todos os gostos.
A Pousada Casa da Pedra, por exemplo, que fica em Blumenau, e oferece diárias a partir de R$165. O hostel Norte Blu oferece diária a partir de R$59.

Cidades contempladas pelo Vale da Cerveja: Apiúna, Blumenau, Brusque, Gaspar, Guabiruba, Ibirama, Indaial, Penha, Pomerode e Timbó.

O Vale da Cerveja é reduto para toda a família e as visitas às cervejarias são monitoradas. O roteiro conta com lojas de artesanato, produtos locais e souvenires para as compras. Tem teatros, parques, museus e santuários para conhecer mais da cultura local e pontos turísticos para serem guardados na memória.

Cervejarias que fazem parte: Alles Brau / Berghain Cervejaria / Bierland / Blauer Berg / Cerveja Blumenau / Container British Beer / Das Bier / Eisenbahn / Escola Superior de Cerveja e Malte / Handwerk / Kiezen Ruw / Cervejaria Schornstein / Zehn Bier

 

Onde comer: Dica: Alemão Batata Choperia

Eles se intitulam como a melhor batata recheada de Santa Catarina
Faixa de preço: de R$50 a R$24

Erre Jota

Um dos destinos de inverno preferidos dos cariocas, a Serra Fluminense oferece um motivo a mais para os turistas subirem as montanhas: cerveja. A bebida chegou à região pelas mãos dos imigrantes alemães, que começaram a povoar Petrópolis a partir de sua fundação, em 1843; não à toa, a primeira cervejaria do país foi instalada lá mesmo pelo alemão Henrique Kremer, em 1853.Toda esta tradição cervejeira levou à criação, em 2014, da rota oficial de cervejarias pela Serra Fluminense que conta também com estabelecimentos em Santa Maria Madalena, Guapimirim e Cachoeiras de Macacu.

Tempo necessário para bebericar pelo roteiro: em média uma semana; a distância entre as cidades é pequena.

Atenção: Se o objetivo do turista for aliar a degustação da bebida a opções de harmonização, além de outras atividades culturais e gastronômicas, um tour por Petrópolis e Teresópolis será a melhor opção. No caso de Petrópolis, vale a pena fazer parte do tour a pé, já que as atrações históricas se misturam com as opções cervejeiras da cidade. A Bohemia, por exemplo, fica a menos de cem metros do Palácio de Cristal. Na antiga fábrica, funciona o Museu da Cerveja, que conta a história da bebida no Brasil e no mundo. No meio da visita, duas degustações são oferecidas: um chope pilsen e outro que varia todo mês.

Já Nova Friburgo e Santa Maria Madalena — onde nasceu a atriz Dercy Gonçalves, sepultada num mausoléu na cidade — têm vocação menos urbana, com cervejarias instaladas no meio da mata e produções que oferecem degustações diferentes. Em algumas delas, é possível provar cerveja diretamente do tanque de fermentação, uma experiência bem especial. O visitante não terá dificuldades de encontrar bons hotéis, guias, motoristas e informações sobre cada cervejaria dentro das cidades.

Nossa dica:

Barão Bier: A microcervejaria produz quatro tipos artesanais que são apresentados durante o Bier Tour guiado pelo cervejeiro, incluindo “caminho do malte”, degustação harmonizada, happy hour com música ao vivo, jantar e transporte. O programa começa às 16h e dura cerca de cinco horas. Rua Bento Faria, s/n – Jardim Califórnia – Nova Friburgo. Tel: (22) 2527-4435 / www.baraobier.com.br/

Opção de Hospedagem: Hotel Serra Everest com diárias a partir de R$240 para dois adultos. 


Em Teresópolis, vá logo ao Bairro Alto e procure pela Vila St. Gallen, casarão onde funciona o restaurante da cervejaria Therezópolis. O local já se tornou uma atração turística à parte. São três ambientes. Um deles é a abadia, onde é servido o fondue e frades alemães são homenageados (com os garçons vestidos à caráter). O segundo reproduz, na decoração e no cardápio, restaurantes do início do século XX, quando foi fundada a primeira cervejaria da cidade. Seu nome é 1912, o ano em que isso ocorreu. Mas o maior (e melhor) ambiente é o do restaurante principal, que, além de ter uma microcervejaria, oferece degustações e cursos, em seis variações: lager, dunkel, witbier, weiss, IPA e bock.

Para comer, vale a pena seguir até o restaurante Braun Braun (ainda em Nova Friburgo) que, além de produzir a própria cerveja pilsen, tem ampla carta de rótulos importados e nacionais. Escolha uma mesa na área externa e harmonize a bebida com pratos alemães. Uma boa pedida é o mix de salsichas com pães (R$ 23) e o tradicionalíssimo kassler com batatas (R$ 43).

SERVIÇO:
PETRÓPOLIS
Serra Brasilis.
Faz o transporte entre cervejarias. reservas@serrabrasilis.com.br.
Museu da Cerveja. Ingressos R$ 27. bohemia.com.br .

Bélgica mineira

O turismo cervejeiro também descobriu que em Minas Gerais há outros tipos de água imprópria para passarinhos. O estado é o segundo em produção de rótulos especiais — atrás de Santa Catarina — e registrou o maior número de novas cervejarias artesanais em 2013. Dizem que na terra da cachaça, sobretudo na Grande Belo Horizonte, são produzidos mais de 50 dos 120 tipos de cerveja existentes no mundo. Uma “Bélgica brasileira”.

É possível provar, direto da fábrica, os rótulos de cervejarias como Wäls e Backer. Na vizinha Nova Lima também há cervejarias artesanais abertas à visitação, como a Krug Bier.
Visite: Botiquin do Antônio

O bar só vende bebidas da Cervejaria Bäcker, uma das pioneiras da cena das cervejas especiais de MG. A presença de uma marca local em um reduto da grande indústria mostra bem a força da cerveja mineira.


A Wäls Dubbel foi eleita a melhor dubbel (estilo de ale belga que leva o dobro de malte que o normal) do mundo na prestigiada World Beer Cup, em maio, disputada em Denver. Na mesma competição a Wäls levou a prata na categoria quadrupel. Um dos resultados da conquista é o movimento na cervejaria, que fica em uma zona industrial perto da Lagoa da Pampulha.
Legenda da foto: Cervejaria na Pampulha produz a melhor dubbel do mundo

Se o Trem da Serra do Mar já é bom, com cerveja é ainda melhor. O Beer Train percorre o roteiro sobre trilhos entre Curitiba e Morretes, no Paraná. O evento é organizado pela cervejaria Bodebrown, uma das artesanais mais conhecidas do país, cuja fábrica também pode ser visitada. O próximo sai em 19 de outubro de 2019 e custa R$418.
Confira a programação completa do passeio pelo site: www.loja.bodebrown.com.br

 

Nos bares especializados de São Paulo, capital, é possível encontrar cervejas do mundo todo. Mas para conhecer algumas das melhores cervejarias artesanais do país, vá a Ribeirão Preto, no interior do estado. Lá é possível visitar as fábricas de Colorado, Invicta e Lund, entre outras. Há até um tour que combina várias no mesmo dia.

Quem Somos :

A Revista TUDO chegou e revolucionou! Com uma proposta diferenciada traz inovação, ousadia, serviço e mais Informação para você, leitor! Muito além de mais uma revista regional, a TUDO mostra o que a Região tem de bom, o que precisa ser melhorado e as necessidades de seus moradores. Somada a esta prestação de serviço, apresenta uma síntese dos fatos mais importantes que acontecem no Brasil e no mundo, sem contar os assuntos de interesse geral que estão em evidência na atualidade. Leia Mais

Contatos: 

  • E-mail: contato@revistatudo.com.br
  • Tel: 11 4617-4873

Distribuição Gratuita:

  • Condomínios e pontos comerciais instalados na Granja Viana, Ao longo  da Rodovia Raposo Tavares, Cotia, Caucaia do Alto, Vargem Grande Paulista, Embu das Artes, Jandira, São Roque, Vila S. Francisco, Alphaville e Aldeia da Serra

 


logo

Horário de Atendimento:  

  • SEGUNDA-FEIRA    09:00 ÀS 17:00
  • TERÇA-FEIRA          09:00 ÀS 17:00
  • QUARTA-FEIRA        09:00 ÀS 17:00
  • QUINTA-FEIRA         09:00 ÀS 17:00
  • SEXTA-FEIRA           09:00 ÀS 17:00

A Revista Tudo é uma publicação da Editora Tudo: Av. São Camilo, 980 Shopping Granjardim Granja Viana - Cotia

Privacidade:

  • O website da  "Revista Tudo" zela pela privacidade e proteção dos dados pessoais de seus clientes e visitantes, mantendo assim a relação de confiança, respeito e transparência. Apenas pessoal qualificado e autorizado tem permissão para acessar os dados coletados.
  • Em nenhuma circunstância, tais informações são vendidas ou compartilhadas com terceiros.

 powered1