Saúde
Lancheiras: Como preparar um lanche saudável para seus filhos


A alimentação das crianças normalmente preocupa as famílias. Na idade pré escolar (2 a 6 anos), os pequenos dão continuidade ao processo de autonomia em diversas atividades na vida e em especial na alimentação, assim, iniciam o processo de participação na escolha dos alimentos – quero isso, não quero aquilo - , às vezes “eca” pros verdinhos e um largo sorriso para produtos industrializados com personagens estampados. Em meio a esta delicada, trabalhosa e deliciosa fase do desenvolvimento infantil, nos deparamos com o dilema da lancheira, afinal, como devo preparar uma lancheira adequada, nutritiva, saborosa e atrativa para que a hora do lanche seja uma delícia e um sucesso na escola?

Aproveite para colocar na lancheira das crianças frutas da estação. Em outubro a época é de acerola, banana prata, laranja, mamão e manga! Outra deliciosa sugestão é preparar com as crianças receitas simples e fáceis como bolos sem recheios, substituindo assim os bolinhos industrializados que são ricos em gordura e açúcar.

Atenção aos sucos e produtos industrializados:

Sucos de frutas é uma opção viável para fazer os pequenos consumirem fibras e vitaminas, no entanto, devemos nos atentar aos seguintes itens:

- Quantidade: Já reparou que para fazermos 200 ml de suco de laranja é necessário espremer 2 laranjas? Será que a criança conseguiria consumir 2 frutas de uma vez só? Ainda que seja natural, as frutas possuem frutose e glicose (açúcares) e a forma mais adequada de hidratação é a água e não o suco, sendo este adequado em momentos específicos como nos lanches.

- Qualidade: Algumas vezes consumimos bebidas acreditando que são realmente feitas somente de frutas, o que não é verdade. Por exemplo: “Sucos” de saquinho possuem apenas 1% de frutas e todo o restante é composto de açúcar.

Já os “sucos” de caixinha, em sua maioria são néctares, ou seja, possuem aproximadamente 30% - 40% de suco, sendo o restante, água e açúcar. Atenção ao rótulo, sucos de frutas “verdadeiros” contém descrito a palavra Suco Integral de Frutas.

Produtos industrializados:

Produtos prontos facilitam a vida, no entanto, alguns deles possuem alto teor de açúcar e gordura, estes devem ser exceção nas lancheiras e não a regra.

Por fim, lembre-se: Os lanches devem ser enviados para a escola em lancheiras térmicas ou similar para evitar a deterioração dos alimentos e toxinfecções alimentares.

Lanches saudáveis garantem energia, vitaminas e minerais para seu filho aproveitar ao máximo a escola!


 Nutrientes que não podem faltar na lancheira

O que não pode faltar...

Como?

Por quê?

Frutas

Preferencialmente In natura ou suco natural (ou polpa congelada)

São fontes de fibras e vitaminas

Leite e derivados

Leite, queijos magros ou iogurte

Contém cálcio que é fundamental para saúde de ossos e dentes

Cereais

Pães, biscoitos simples ou cereais (preferencialmente sem açúcar de adição)

São a principal fonte de energia, indispensável para o bom desempenho escolar

Líquidos

Água, Água de coco, chá ou suco

Manter a boa hidratação dos pequenos é muito importante!


Exemplo de lancheira saudável para duas semanas:


2ª FEIRA

3ª FEIRA

4ª FEIRA

5ª FEIRA

6ª FEIRA

Pera

Bisnaguinha com queijo

Água de coco

Suco

Pão de forma com pasta de frango, requeijão e cenoura ralada

Uva

Leite fermentado

Biscoito rosquinha

Iogurte

Flocos de milho

Banana

Leite com achocolatado

Bolo integral de laranja

Melancia

2ª FEIRA

3ª FEIRA

4ª FEIRA

5ª FEIRA

6ª FEIRA

Banana

Leite com achocolatado

Pão francês com margarina

Suco

Pão de forma com queijo

Mexerica

Iogurte

Bolo simples

Maçã

Leite

Flocos de milho

Morango

Leite fermentado

Salada de frutas com aveia

Rosquinha de coco

Fonte:

Carla Massuia – Nutricionista Materno Infantil | 11 96516-0503 | Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Pós-Graduação em Gastronomia e Nutrição Materno Infantil
Assessoria em Segurança Alimentar em Escolas

CR.NUTRI | Nutrição Comportamental – Rua José Felix de Oliveira, 875 – sala 8


 
Renove-se em todos os dias do Ano Novo!


2015 promete ser um ano daqueles pra chacoalhar todos nós! Se você tem o pensamento: “Eu não posso mudar o mundo... mas posso mudar o MEU mundo!” então está no caminho certo! Cada ser regenerado é uma célula saudável e positiva nesse nosso imenso Universo, capaz de contagiar outras... e tantas outras mais. Aí sim, mudando a si mesmo você contribui com a mudança geral, sendo parte importantíssima no processo global!

Após as celebrações das festas de Natal, do balanço geral do ano que se foi, é o momento de planejar os próximos passos e ativar a energia, policiando para mantê-la vibrante o ano todo. É uma excelente hora para iniciar um processo de desintoxicação e regeneração.

Nós nos intoxicamos diariamente através da alimentação, seja pelos agrotóxicos, hormônios, aditivos dos alimentos industrializados, através da água, resíduos de remédios, fumo, álcool, pelo ar que respiramos, produtos de higiene e beleza, produtos químicos de limpeza, radiação do forno de microondas e aparelhos eletrônicos... além de nos intoxicarmos com pensamentos e emoções desequilibradas, com o que escutamos e falamos, com o estresse do dia a dia. Ufa... a lista é grande! Portanto a desintoxicação também deve ser um hábito diário: desapegue-se do velho, do antiquado, de hábitos ruins, crenças limitantes, pensamentos negativos, atente aos produtos que usa em seu corpo, respire melhor, cuide bem da sua alimentação. Escolha se nutrir de tudo o que pode te fazer bem de fato e evite se “poluir” ainda mais! Comece o ano de forma nova e muito mais leve.

Quanto mais intoxicado o organismo, mais precisamos de estimulantes para manter este estado, o que gera um ciclo vicioso. Mas, conforme vamos nos desintoxicando, surge maior lucidez, ficamos mais presentes no agora, com maior discernimento, clareza, disposição, ficamos mais pró-ativos, motivados, animados, esbanjando saúde e resultados vitoriosos! É tudo o que se pode querer para um novo ano, não é mesmo?!

 Aproveito para compartilhar uma dica super saudável para você incorporar em sua rotina, todo santo dia: água morna com limão em jejum.

 Simples e super benéfico!

 O limão ao contrário do que se pensa, é um alimento alcalino. Assim como o pH do nosso sangue quando saudável.

 Com uma alimentação cada vez mais industrializada e todos esses fatores intoxicantes que já citei, o nosso sangue tende a ficar com o pH ácido, um meio altamente propício para o desenvolvimento de várias doenças. Adotando uma alimentação natural, aprendendo a controlar o stress, respirando melhor, podemos alcalinizar o nosso sangue, ficando muito mais saudáveis e com melhor imunidade. E é nisso que o limão nos beneficia: é um agente alcalinizante que propicia a desintoxicação do organismo.

 Enquanto esquenta um pouco de água no fogão, esprema 1 limão em um copo. Despeje a água morna até encher metade do copo. Aí, é só tomar! Depois de 10 a 20 minutos você poderá realizar o seu café da manhã, lembrando, é claro, de que quanto mais natural sua alimentação, melhor!!

Vamos com tudo!

E que seja bem vinda nossa nova e melhor versão de nós mesmos!

Mariana Tavares – Nutricionista.

Instagram @matavares_mt

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo > Fim >>

Página 5 de 6

Indique !