Mercado de Trabalho
Mil maneiras de subsidiar o seu projeto


O mundo está cheio de boas ideias, mas nem sempre o caminho para executá-las é fácil. Se essas ideias não vem de uma pessoa que possui recursos financeiros nem como consegui-los, tornam-se um pouco mais difíceis de serem realizadas. É necessário tentar captar recursos e para isso, convencer empresas a investirem no seu projeto. Acontece que na maioria das vezes as grandes empresas querem visibilidade, investindo em projetos que sirvam como uma espécie de propaganda para elas. Por conta disso, muitas vezes projetos pequenos, interessantes, curiosos e honestos são ignorados. A sorte é que hoje com a internet, é possível arrecadar fundos através do crownfunding ou financiamento coletivo.

O seu projeto é colocado em sites especializados para que simpatizantes ajudem a tirá-lo do papel. É uma forma de conseguir capital através da agregação de múltiplas fontes de financiamento.

Uma vez colocado o projeto no site, é estipulada uma meta e dias específicos para atingi-la.  Se a arrecadação de valores for inferior à meta, o projeto não é financiado e o montante arrecadado volta para os doadores. Se o projeto conseguir financiamento, é oferecido um agrado aos financiadores em forma de brindes. Claro que os sites cobram uma porcentagem do valor arrecadado, bastando ao dono do projeto colocar este valor no seu orçamento para repassar ao site no caso de bem sucedido o seu projeto.

Trata-se de uma forma transparente de arrecadar fundos e prestar contas, pois tudo é disponibilizado no site.

Recentemente um projeto aqui da Granja foi contemplado, o “Campanha #água10!” , da Motus cia de dança.

Aproveitando a crise da água, a cia desenvolveu um espetáculo de dança-teatro com caráter educativo, voltado para as crianças e com foco nas escolas públicas. Eles conseguiram através do catarse arrecadar R$ 7711,00 de 58 apoiadores, dinheiro suficiente para a produção deste espetáculo de conscientização sobre o uso da água. Estão previstos no orçamento todos os custos com a produção e montagem do espetáculo, transporte, alimentação, ainda agrado aos patrocinadores e 13% aos site catarse, viabilizador do projeto.

E aí algumas dicas de sites especializados no assunto.


Benfeitoria.com - iniciativas em categorias como cidades, cultura e arte, educação, inclusão social, saúde e bem-estar.

Bicharia.com.br - projetos que levam a bandeira das causas dos animais.

Catarse.me - oferece plataforma para várias categorias de projeto.

Juntos.com.vc - é dedicado exclusivamente a ações sociais.

Kickante.com.br - Além das causas sociais, aceita projetos criativos e de empreendedores.

Queremos.com.br - dedicado a artistas e produtores que precisem de apoio para realizar turnês e shows.

Fontes:

Exame.abril.com

Catarse.me

facebook.com/Billarecia.escoladeartes



 
7 estratégias para engajar as equipes

De acordo com um estudo da University of Central Lancashire, do Reino Unido, um em cada três empregados sofre de tédio crônico no trabalho.

Segundo a InfoMoney, uma pesquisa realizada pela Universidade de Harvard mostra que um profissional pode passar a vida com um rendimento de 25% de sua capacidade de trabalho e ainda assim consegue manter o seu emprego. O mesmo indivíduo, motivado corretamente, chega a aumentar o seu desempenho em 80% da sua capacidade. Simples atitudes, que necessariamente não irão dispender recursos financeiros, poderão tornar as equipes motivadas, porém dependerá somente do estilo de liderança existente na empresa.

1. Inspire

Algumas empresas não dão a devida importância à definição da visão, missão e valores corporativos, pois acreditam que estes existem para compor somente a vitrine da empresa na internet. Estes conceitos bem difundidos no ambiente corporativo passam a ser a linha mestra de conduta e orientadora da execução dos trabalhos e, quando bem delineada, inspira as equipes e passa a ser o propósito de cada componente. Afinal como o líder poderá motivar alguém se ele mesmo não souber onde quer chegar?

2. Conheça as pessoas

Descubra de onde vem a motivação das pessoas, identifique os pontos fortes, realce as fortalezas e assim eleve a autoestima. Pessoas com a autoestima elevada tornam-se mais confiantes, dispostas e encorajadas a criar e conquistar maiores resultados.

3. Aponte os holofotes para a sua equipe


 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 6 de 12

Indique !