Casa e Jardins
Inspire-se e mude TUdo

Ah, o início do ano…

O primeiro trimestre de 2017 está quase acabando. Mas ainda dá tempo de fazer aquela reforma tão planejada e trocar os móveis de sua casa ou escritório. Ainda é possível encontrar os resquícios de promoções - de até 70% de desconto - remanescente do Natal, seja para móveis planejados ou utensílios decorativos. No entanto, antes de decorar e deixar tudo lindo e maravilhoso, a gente tem que pensar na estrutura em si e nas reformas que mexem com a arquitetura da construção, sendo possível dar um ar de transformação em qualquer ambiente.

Passo a passo para revolucionar e reformar geral:

  • Faça uma projeção de gastos para que a obra não seja interrompida na metade;

  • Elenque prioridades e avalie o projeto minuciosamente;

  • Tenha em mãos o projeto técnico do imóvel, a malha estrutural, o mapa do sistema hidráulico e elétrico; peça auxílio a um engenheiro para que não haja atrasos ou paralisação por algum motivo técnico;

  • Busque materiais com o menor custo, sem que haja perda de qualidades. Aproveite as promoções da época; um especialista pode colaborar para que haja maior aproveitamento e menos desperdício;

Saiba aproveitar!
Sabe aquele armário velho da cozinha? Após uma restauração, ele pode combinar com o seu quarto, formando um espaço bem especial. Isso também é sustentabilidade.
A fachada é o cartão de visitas do seu imóvel e um válido investimento. Mas, cuidado! Reformar não quer dizer “transfigurar radicalmente”. Mantenha a coerência de linguagem entre o velho e o novo.
Portas, janelas, aparelhos domésticos e peças decorativas devem ser protegidos contra respingos de tinta. É importante também analisar bem as mudanças, para não ter problemas com os espaços dos móveis.
A automatização de cortinas, do ar condicionado, pergolado, televisão e iluminação podem ser acionados por smart phones. A verdade é que não existe uma fórmula mágica. Disponha-se a pesquisar e se dedicar, acompanhando todas as etapas da reforma junto com profissionais confiáveis.
Quebrar uma parede pode fazer toda a diferença numa reforma e abrir novos espaços. Integrar ambientes pode melhorar a luz natural, ampliar o recinto e dar uma “nova cara” para aquele cantinho que você gosta tanto.
O seu jardim também pode passar por uma reforma e uma pequena horta pode roubar a cena. Alface, couve, cebolinha, chicória e tomates podem trazer aquele ar de sítio em meio a modernidade do seu reduto.
Seja em casa ou apartamento, o charme será todinho dela.

Modificando a fachada

Protegendo os móveis

Seja chique, bem

Recrie um layout sem amarras

Dica especial

 
A arte dos Ofurôs Leia +

A sabedoria dos banhos de imersão

 

O banho de imersão é uma tradição antiga de vários povos. Além de relaxar o corpo, servem como tratamento terapêutico, dependendo do que se coloca junto da água. É ótimo para reflexão, e para um retiro, dedicando um tempo que é totalmente seu, algo raro atualmente.

Os ofurôs são uma antiga tradição do Japão, que os utilizava nos banhos públicos como uma forma de economizar água e evitar incêndios. O misogi, ato de purificar o corpo, era indispensável em cerimônias religiosas. Os efeitos benéficos da águas termais e SPAs já são conhecidos desde a Grécia e Roma Antigas. SPA é o nome de uma cidade Belga que oferece águas termais.

A maioria desses banhos são feitos nos ofurôs, um tipo rudimentar de sauna, que era feita sobre buracos escavados nas montanhas de pedras, onde se queimava folhas secas para aquecer o local. Após a retirada das cinzas, era colocada uma esteira com água do mar e o vapor se formava a partir desta água sobre as pedras aquecidas. Depois surgiu o kamaburô, que era um caldeirão e, somente na Era Edo que o ofurô como conhecemos hoje, foi utilizado.

Na Tóquio do Século XVII (Edo), o banho público era utilizado pelas famílias comuns, que eram proibidas de terem em casa seus ofurôs como medida de contenção de água e prevenção de incêndios.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 4 de 24

Indique !