Vista-se de alegria

Para quem usou rosa o tempo todo, que tal fechar o ano também nessa cor? Uma das mais ousadas em 2016, rosa vem com tudo também nas festas de réveillon. Transmite modernidade e simboliza a pureza. Também promete brilhar o lilás, a cor da transformação. Símbolo da nova era, ela traz em si inúmeros sentidos, ideais para quem quer começar o ano com as energias renovadas. Sinceridade, respeito, compreensão, resiliência, solidariedade e perseverança são alguns dos seus significados.

Nascida para brilhar. Agora, se você foi convidada para uma festa elegante, invista nos tons metálicos, principalmente o dourado. Vale apostar nos vestidos off white e nudes que puxam para o dourado, estilo champanhe.

Se o desejo é lacrar, vá de paetê, injetando brilho no seu look. Pode ser um detalhe, um bordado ou a peça toda. Se bem que, para as mais discretas, existem ótimas opções de paetês foscos que garantem sofisticação à roupa. Falando em sofisticação, os vestidos longos prometem marcar presença ao lado dos fogos de artifício nas comemorações. As saias longas também estão em alta. Leves, com efeitos semitransparentes, em renda, combinadas com sandálias baixas passam simplicidade e conforto ao look.

Árvore de Natal. Capriche nos acessórios. Eles valorizam a roupa. Aproveite a ocasião para usar as peças em dourado. Isso vale para as maxi bijuterias, bolsas e sandálias. Mas nada temático, por favor! Deixe a guirlanda na porta de casa. Não invente de combinar acessórios dourados com verde e vermelho. Por mais luz própria que você possua, certas combinações ficam bacanas apenas nas árvores de Natal.

Pulando as sete ondas. Se o seu réveillon for na praia, um bom shorts tem o seu valor. Estou falando em shorts, ok? Nem ouse vestir aquelas bermudas que a deixam com as pernas curtas e mandam o seu glamour para o espaço! Seja em jeans ou sarja, liso ou estampado, os shorts combinam com tudo. Só muita atenção ao tamanho dos bolsos. Cada vez mais curtos, alguns shorts surgem com bolsos internos gigantes. Além de não servirem para coisa alguma, perdem em elegância e discrição

Dispa-se. No fim das contas o que você quer mesmo é a felicidade, sentir-se bem consigo mesma. Então, antes de tudo, concentre-se naquilo que a faz feliz. Deixe de lado a arrogância, a intolerância, o mau humor. Dispa-se de preconceitos, de julgamentos precipitados e faça o possível e o impossível para que a felicidade se torne cada vez mais constante em sua vida. Vista-se de alegria em 2017!





Celso Finkler

É publicitário pós-graduado em psicobiofísica

Celso finkler@hotmail.com

propague.com.br

 



 

Indique !