AHHHH! O VERÃO!


Sempre é a mesma coisa: os dias mais longos e quentes despertam a vaidade em todo mundo. Olhamos no espelho e enxergamos aquela mancha, uma ruginha, uma celulite e uns pneuzinhos. A primeira reação é querer fazer a dieta prometida, entrar mais uma vez na academia e passar em consulta com seu médico (de preferência com seu cirurgião plástico). Todos buscam resultados imediatos para “fazer bonito” com uma roupa justa ou, principalmente, em um traje de banho.

Mas... Devemos lembrar que o corpo humano não é um material que possa ser esculpido, moldado ou reciclado em minutos! O organismo reage a cada estímulo recebido. A mudança das curvas exige tempo e dedicação. Além disso, em estética, existe uma regra básica: quanto mais simples o procedimento, menos dor o paciente terá, a recuperação será mais rápida e o resultado mais limitado.

Sem dúvida, existem diversos procedimentos que podem ser feitos em consultório e que apresentam resultado rápido como:

  • Toxina botulínica (Botox): indicado para reduzir suor excessivo ou para suavizar as rugas da face, resultando em um rosto aparentemente mais descansado, menos carrancudo. A sessão é realizada em cerca de 30 minutos, utilizando-se anestésico na forma de creme para reduzir a sensibilidade às agulhadas. O efeito estético é de até 6 meses. Após este período, ocorrerá o enrugamento como antes da aplicação.
  • Ácido hialurônico: repõe o volume na face, em pessoas que apresentam bochechas ou lábios reduzidos ou que envelheceram e “murcharam” o rosto. Além do efeito de preenchimento, esta substância promove a melhora do aspecto da pele. A aplicação pode ser realizada em poucos minutos no consultório e o resultado pode durar até 2 anos.

Os demais procedimentos cosmiátricos, como a abrasão da pele por ácidos ou laser é evitada neste período devido a exposição solar maciça na estação, que pode aumentar o índice de complicações.

As cirurgias podem ser realizadas qualquer época do ano. Mas deve-se levar em conta que, raramente, o resultado é evidente antes de 2 meses e nenhuma área operada deve ser exposta ao sol neste período, pois pode causar inchaço, desconforto e aumento das cicatrizes.

Lembre-se: a Beleza não é exclusiva do verão! Busque “sentir-se bem” em tempo integral.




 

Indique !