A Dupla cidadania

O povo brasileiro é uma grande mistura. Índio, negro, branco europeu, Americano, asiático, tudo junto e misturado! No meio da mistura, muitos de nós possuem ascendência italiana, o que significa que é possível conseguir dupla cidadania. A Advogada Patrícia Reali explica que atualmente estima-se que há cerca de 35 milhões de descendentes italianos espalhados pelo Brasil.

A dupla cidadania é um diferencial importante para aqueles que pretendem circular com livre acesso, estudar ou trabalhar na União Europeia, além de outras  facilidades como por exemplo a dispensa do visto americano.

Mas não é fácil conseguir a cidadania italiana. A procura é muito grande  e os consulados gerais no Brasil estão com uma demanda incalculável de solicitações. O consulado de São Paulo, por exemplo, estima o prazo de dez anos para chamar os requerentes que cadastram-se hoje. Só para se ter uma ideia, o consulado de São Paulo está atendendo agora pessoas que se cadastraram em 2005.

Por conta dessa demora, muitas pessoas têm buscado fazer o processo de dupla cidadania via Itália, mas para isso se faz necessária uma assessoria.

Patrícia assessora pessoas através da montagem da genealogia da família, busca e análise de certidões e direcionamento do processo via Itália, uma forma de agilizar o processo.

É claro que cada caso tem sua peculiaridade, porém na hipótese do cliente ter todas as certidões disponíveis e aptas ao início do processo, é possível conseguir realizar o processo em até seis meses a partir do embarque à Itália.

Fonte:

Patrícia Reali - Advogada

Escritório:

Avenida. Pacaembú, n. 1976

São Paulo - SP.

Telefone: ( 11) 3511-1157



 

Indique !