Lixo, um problema de todos nós LEIA +



Podem ser recicladas latas de alumínio, garrafas PET, vidros e papel. Com 40 Kg de papel reutilizado, por exemplo, uma árvore deixa de ser cortada. Existem alguns postos de coleta deste lixo, mas ainda é necessário levar o lixo até lá, o que é uma questão de hábito.

A coleta seletiva é realizada por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Cotia e a Cooperativa Coopernova Cotia Recicla, sediada no Bairro Nova Cotia. Mas a coleta ainda é pulverizada e os Ecopontos estão em fase de planejamento, com a unidade de Caucaia prestes a ser inaugurada. O Supermercado Pão de Açúcar também oferece a coleta seletiva do lixo e recebe também lixo eletrônico, como pilhas e baterias de celular. Além de baterias e pilhas, o lixo eletrônico também é formado por lâmpadas, monitores, peças de computadores e outros assessórios. Esse é outro problema ambiental da sociedade moderna, pois tais equipamentos possuem substânicas químicas (chumbo, cádmio, mercúrio, e outros metais pesados) que podem provocar contaminação do solo ou da água. Essas substâncias químicas também podem provocar doenças graves em pessoas que coletam produtos em lixões, terrenos baldios ou na rua.

O descarte de lixo eletrônico deve ser feito em locais apropriados como, por exemplo, empresas e cooperativas que atuam na área de reciclagem. Segundo a Secretaria do Meio Ambiente de Cotia, está em discussão uma parceria com uma ONG a fim de viabilizar a recepção em grande quantidade de lixo eletrônico. Mas enquanto não sai do papel, a coleta de eletrônicos vem sendo realizada pela Coopernova Recicla.


Além da Reciclagem

Outras formas de se minimizar a produção de resíduos é a reutilização e transformação de produtos. O óleo de cozinha, quando misturado à soda cáustica e bem-batido, é transformado em sabão, excelente para lavar a louça de sua casa.

Existem postos de coleta de óleo de cozinha. É só separar o óleo velho em vidros com tampa e doar.

Se você recicla seu lixo, inclusive o eletrônico, vai perceber que o lixo orgânico ficou bem menor. Mas é possível diminuir ainda mais com alternativas, como a compostagem. Os compostos orgânicos se decompõem sem agredir a natureza e podem se tornar adubo para o jardim.

Se você não tem tempo para fazer a sua, encontre amigos que façam e doe seu lixo, pois existem pessoas que costumam fazer a compostagem de forma colaborativa.

Tempo de decomposição

 

-       Plásticos - sacos e copos - 200 a 450 anos

-       Latas de alumínio - 100 a 500 anos

-       Fio de Náilon - de 30 a 40 anos

-       Tampas de garrafas - 100 a 500

-       Pilhas - 100 a 500

-       Garrafas e frascos (vidro) - indeterminado

-       Pneus - indeterminado

-       Chicletes - 5 anos

-       Cigarro - 2 anos

-       Papel - 6 meses

 

 

 

Projetos e Ações da Prefeitura de Cotia

 

- Coopernova Cotia Recicla (Para a coleta de diferentes resíduos doméstico e comercial);

- Preserva Recicla (Coleta de óleo comestível usado com projeto nas Escolas Municipais);

- Programa de Mãos para o Futuro (Para viabilizar o investimento junto à Cooperativa mencionada);

- Em fase de “projeto” com a GM&C (recolhimento de pilhas e baterias usadas);

- A Cotia Ambiental (mantém a PPP com o Município de Cotia) está projetando a implantação de PEVs, que receberão diferentes materiais já selecionados.

- Há algumas propostas, que de acordo com a Cotia Ambiental, estão aguardando o licenciamento (Usina de Resíduos da Construção Civil e a Unidade de Tratamento de Resíduos Sépticos).



 

Indique !